Crente pode celebrar Réveillon?

Sim, crente pode celebrar Réveillon, se não o levar a pecar. Cada crente deve seguir sua consciência sobre o assunto (Romanos 14:22). Há muitas formas de celebrar o Ano Novo sem cair em pecado.

Réveillon é uma festa pagã?

Depende de quem faz a festa. A passagem de ano não está associada a nenhuma religião em particular. O Réveillon pode ser celebrado como:

  • Uma festa cristã – muita gente aproveita a passagem de ano para agradecer a Deus por tudo que fez no ano anterior e para pedir Sua bênção sobre seu futuro; algumas igrejas até fazem um culto especial de agradecimento – 1 Tessalonicenses 5:18
  • Uma festa secular – o Reveillon pode ser simplesmente um tempo para estar com a família ou os amigos, fazendo festa; isso não é errado, desde que não leve a excessos
  • Uma festa pagã – esse é o lado do Reveillon que devemos evitar; celebrar Iemanjá é idolatria e práticas supersticiosas para dar sorte não funcionam

O crente tem liberdade para escolher se vai ou não vai celebrar Réveillon. Para uma pessoa poderá ser apenas uma festa inocente mas para outra poderá trazer muita tentação para pecar. Cada pessoa precisa conhecer seus limites. Participando ou não da festa, procure dar sempre glória a Deus (1 Coríntios 10:31).

Veja também: cristãos devem celebrar o Natal?

Qual a origem do Réveillon?

Celebrações de Ano Novo existem em muitas culturas há milênios. Era um tempo para fazer festa e renovar a esperança para o futuro. Muitas culturas também associavam a festa a rituais pagãos para dar sorte.

Povos diferentes tinham calendários diferentes e não havia uma data universal para o início do ano. Na Idade Média, o calendário Gregoriano, que começa com primeiro de janeiro, ficou popular na cultura ocidental. Desde então, o Ano Novo é celebrado na maior parte do mundo na noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro.

Hoje em dia, o Réveillon é principalmente uma festa secular. As pessoas celebram, lembrando o que aconteceu no ano anterior e fazendo planos para o novo ano.