O que significa "eu e o Pai somos um"?

Jesus disse “eu e o Pai somos um” para mostrar sua perfeita união com Deus Pai. Jesus e o Pai estão completamente unidos e tudo que Jesus faz é em nome do Pai. A união com Jesus é união com Deus.

Jesus declarou que ele e o Pai são um quando alguns judeus lhe pediram para dizer abertamente se ele era o Cristo, o salvador prometido. Jesus respondeu que ele já tinha dito isso claramente e os repreendeu por sua incredulidade. Jesus falava mas eles não ouviam (João 10:25-27).

Jesus explicou então que ele é como um pastor de ovelhas. As ovelhas que lhe pertencem reconhecem sua voz e o seguem. As pessoas que o rejeitam não são suas ovelhas, mas quem é sua ovelha tem a vida eterna. Jesus cuida tão bem de suas ovelhas que ninguém as consegue roubar nem destruir eternamente. E mais, quem está nas mãos de Jesus está nas mãos de Deus Pai, porque Jesus e o Pai são um (João 10:28-30).

Quando ouviram isso, os judeus tentaram apedrejar Jesus por blasfêmia, porque ele estava se igualando a Deus. Mas Jesus explicou que ele tinha o direito de dizer que era o Filho de Deus porque ele fazia as obras de Deus (João 10:37-38).

Veja aqui: Jesus é Deus?

A perfeita união com o Pai

A união de Jesus com o Pai é perfeita! Tudo que Jesus ensinou durante seu ministério veio diretamente do Pai e tudo que ele fez foi por ordem do Pai. Jesus sempre fez a vontade do Pai, porque ele tem o mesmo caráter que o Pai. Por isso, conhecer Jesus é o mesmo que conhecer a Deus (João 14:9-11).

Veja também: o que Deus diz sobre a união?

Antes de morrer, Jesus orou para que todos os que crêem também cheguem à perfeita união. Por meio de Jesus, todos podemos ter união com Deus e uns com os outros (João 17:20-23). Jesus torna essa união possível, porque ele é a ponte entre nós e Deus.