Existe vampiro?

Não, vampiro não existe. A Bíblia não fala nada sobre vampiros mas diz que ninguém pode viver eternamente neste mundo. Pessoas que pensam que são vampiros provavelmente estão sendo influenciados por demônios e/ou têm problemas mentais.

Na mitologia de alguns países, um vampiro é uma pessoa que voltou dos mortos e bebe sangue humano para se manter vivo e forte. Vampiros são criaturas ruins e perigosas, que matam pessoas inocentes e que normalmente estão associados às forças do mal. Não existe base bíblica nem científica para acreditar em vampiros.

Veja também: existe lobisomem?

O que a Bíblia diz sobre vampiros?

A Bíblia não fala nada sobre a existência de vampiros. Mas a Bíblia diz que só Deus tem o poder para ressuscitar os mortos (Jó 33:4). Sem Deus, ninguém pode voltar da morte. E nos poucos relatos de ressurreições na Bíblia, ninguém voltou como vampiro.

A Bíblia também diz que ninguém tem o poder para prolongar a sua vida além dos limites impostos por Deus. Um vampiro supostamente consegue viver durante séculos, se rejuvenescendo. Mas ninguém consegue travar totalmente o processo de envelhecimento (Salmos 49:12).

Nas poucas vezes que a Bíblia fala sobre beber sangue, isso está associado a maldição. Segundo a Bíblia, a vida está no sangue (Deuteronômio 12:23). Beber sangue humano seria como tirar a vida. Se alguém tem vontade de beber sangue humano, esse desejo é destrutivo e perigoso e provavelmente tem origem demoníaca. A vida humana é sagrada.

Veja aqui: um cristão pode comer sangue?

E o sangue de Jesus?

Jesus disse que era preciso comer sua carne e beber seu sangue para ter vida (João 6:56-57). Mas ele estava falando simbolicamente. A carne e o sangue representam a vida. Quando tomamos a Ceia, o pão e o vinho não se tornam realmente na carne e no sangue de Jesus. São apenas símbolos.

Descubra aqui: quem pode tomar a Santa Ceia?

“Beber o sangue” de Jesus significa ter Jesus morando dentro de você. Quando você aceita Jesus como seu salvador, ele vive dentro de você e lhe dá vida nova (Gálatas 2:20). Isso é uma realidade espiritual, não precisa literalmente beber o sangue de Jesus.