O que é monergismo?

Monergismo é um ensinamento calvinista que afirma que a salvação é toda fruto do trabalho de Deus. Ninguém é salvo por alguma obra ou decisão sua mas pela graça de Deus. Deus escolhe quem Ele quer salvar e os salva. O monergismo nega que o homem pode escolher se quer ser salvo ou não.

Monergismo significa a ação de uma só pessoa (neste caso, Deus). O monergismo ensina que Deus:

  • Predestinou algumas pessoas para serem salvas (os escolhidos, ou “eleitos”)
  • Enviou Jesus para morrer pelos pecados dos eleitos
  • Envia o Espírito Santo para capacitar cada eleito a crer, para a salvação
  • Não pode ser resistido por quem Ele escolheu

Assim, a salvação é toda obra de Deus. Como todos estão condenados ao inferno, ninguém consegue fazer alguma coisa para merecer a salvação. Deus escolhe quem Ele quer salvar de acordo com Sua vontade, não com nossas tentativas para merecer (Efésios 1:4-6).

Veja também: o que é Calvinismo?

Segundo a vontade de Deus, Jesus morreu para levar nossos pecados em nosso lugar, nos livrando do castigo. Na hora que Ele quer, Deus envia o Espírito Santo, que convence cada eleito a se converter. Logo, a escolha não é do convertido, porque foi Deus que o fez ter fé.

No fundo, o monergismo diz que, como Deus é soberano sobre tudo e a salvação não vem pelas obras, as pessoas não têm poder para escolher se vão ser salvas ou não. Pelo menos em relação à salvação, o livre-arbítrio não existe.

Leia aqui: o que Deus diz sobre o livre-arbítrio?

O monergismo e a Bíblia

A Bíblia diz que a salvação vem pela fé, não pelas obras. A fé é um dom de Deus, que Ele concede de graça (Efésios 2:8-9). A Bíblia também diz que Deus já conhece quem vai ser salvo. Deus é soberano e nada acontece sem Seu consentimento (Mateus 10:29).

Mas o monergismo erra ao dizer que não temos livre-arbítrio. Em Sua soberania, Deus nos permite ter escolha. Ao longo de toda a Bíblia, Deus apela várias vezes às nossas decisões, chamando ao arrependimento, avisando sobre o perigo de rejeitar a mensagem (Ezequiel 18:31-32). Sim, Deus faz o trabalho todo por nós, porque nós não conseguimos nos salvar sozinhos, mas, em certa altura, Deus leva nossa decisão em conta.

Veja aqui mais sobre esse assunto: o que é a predestinação?

Deus quer que todos sejam salvos, não apenas alguns (1 Timóteo 2:3-4). Mas Ele não nos força. Deus persuade e convence mas também nos dá uma escolha, em alguma fase do processo de salvação. A Bíblia mostra que essas duas coisas são verdade: Deus é soberano e temos livre-arbítrio.

Algumas pessoas levam o monergismo ao extremo de dizer que não temos poder de escolha sobre nada na vida. Deus decide tudo e nossas ações não podem mudar nada porque já está tudo predeterminado. Mas a Bíblia diz que nós somos responsáveis por nossas escolhas. Os planos de Deus não podem ser frustrados mas Ele leva nossas escolhas em conta para cumprir Seus propósitos.