O que significa shekinah?

Shekinah é uma palavra hebraica que significa a presença gloriosa de Deus, manifesta entre os homens. Normalmente a palavra shekinah está associada aos casos na Bíblia quando Deus se manifestou de forma visível. A palavra shekinah não aparece na Bíblia.

A palavra shekinah foi inventada por rabinos judeus depois que a Bíblia foi escrita para significar a manifestação visível da presença gloriosa de Deus. Shekinah vem do verbo hebraico que significa “habitar”. Deus prometeu habitar entre o povo de Israel e várias vezes mostrou sua presença de forma visível:

Veja aqui: como Deus se revela ao ser humano?

Em todas essas situações, a revelação da presença de Deus entre as pessoas foi um acontecimento glorioso, que inspirava louvor. Por isso, shekinah muitas vezes está associada também à glória de Deus.

Muitos cristãos também associam a palavra shekinah com Jesus, porque ele foi a maior manifestação visível da presença de Deus (Mateus 1:22-23). Deus tomou a forma de um homem e habitou entre nós, mostrando seu poder e trazendo a salvação.

Veja também: por que Deus se fez homem?

Shekinah é uma divindade pagã?

Não, shekinah não é uma divindade pagã. Shekinah é apenas uma palavra para falar sobre a presença de Deus, quando é revelada às pessoas.

Algumas pessoas distorcem o significado de shekinah com pensamentos místicos que não são bíblicos, dizendo que é uma deusa ou o lado feminino de Deus. Essas idéias devem ser rejeitadas, porque não têm fundamento nenhum na Bíblia nem na origem da palavra.

Não é errado usar a palavra shekinah. Ela não aparece na Bíblia mas aquilo que significa é bíblico. Por outro lado, é importante que as pessoas entendam o que significa. Usar palavras hebraicas, como shekinah, não é mais espiritual que falar em português sobre a presença gloriosa de Deus.