O que podemos aprender com o tabernáculo de Moisés?

O tabernáculo de Moisés representava a relação de Deus com a humanidade e Seu plano para nos salvar. Ele servia para aproximar os israelitas de Deus e purificá-los de seus pecados. Podemos tirar algumas lições importantes do tabernáculo de Moisés:

1. O único local de adoração

O tabernáculo era o lugar onde todos os israelitas deveriam vir para adorar a Deus e apresentar suas ofertas a Ele. Não poderiam fazer seus sacrifícios em qualquer outro lugar (Levítico 17:5-6). Da mesma forma, só existe um caminho para a salvação: através de Jesus.

Existe somente um Deus e uma verdade. O mundo nos oferece várias religiões e filosofias diferentes mas somente Jesus tem poder para nos salvar (João 14:6). Seguir outros caminhos não funciona. Precisamos do único Deus verdadeiro em nossas vidas.

Descubra aqui mais sobre como era o tabernáculo.

2. O preço do pecado

No pátio à frente do tabernáculo ficava um altar onde eram sacrificados animais. Os sacerdotes matavam os animais, escorriam seu sangue e queimavam a carne no altar. Esses sacrifícios serviam para levar a culpa do pecado de quem as trazia. A fumaça do altar era uma lembrança constante do preço do pecado.

Todo pecado tem um preço: a morte (Romanos 6:23). Por isso, para pagar o preço do pecado, retirando a culpa, alguém tem de morrer. No tabernáculo, os animais tomavam o lugar das pessoas, mas isso era apenas um símbolo do que iria acontecer no futuro: a morte de Jesus.

Jesus veio para pagar o preço dos nossos pecados (Hebreus 9:11-12). Ele levou nossos pecados na cruz e nos salvou da destruição. Agora, todos que creem em Jesus estão livres do pecado e de seu castigo. O que o sacrifício de animais não podia fazer, o sacrifício perfeito de Jesus fez.

Veja também: por que Jesus é chamado o Cordeiro de Deus?

3. A pureza e a glória de Deus

O tabernáculo foi construído com materiais caros e adornado com decorações lindas. Mas ele estava coberto e ninguém podia entrar, exceto os sacerdotes (Números 18:6-7). E, antes de entrar, cada sacerdote precisava se purificar.

O tabernáculo refletia um pouco da glória de Deus. Ele é maravilhoso mas, por causa do pecado, não nos podemos aproximar dele. Assim como o altar dos sacrifícios ficava do lado de fora, guardando a entrada, nossos pecados nos impedem de entrar na presença de Deus.

Veja aqui: como entrar na presença de Deus?

Deus é completamente puro. Na Sua presença, tudo que é impuro é destruído. Mas Jesus veio para nos purificar. Por causa de Jesus, podemos entrar na presença de Deus sem medo, limpos da mancha do pecado (Hebreus 10:22). Quem crê em Jesus se torna um sacerdote de Deus, com permissão para se aproximar dele e desfrutar de Sua presença!