Um cristão pode ser ator?

Sim, um cristão pode ser ator, mas vai ter de estabelecer limites. Todas as profissões, incluindo o teatro, têm desafios e tentações. O cristão que sente vocação para ser ator precisa estar firme nos seus valores e ter cuidado com os papéis que escolhe.

Fazer teatro é errado?

Não, representar uma personagem não é errado, é o mesmo que contar uma história. Sabemos que é só uma representação, não é real. O problema pode surgir com certas ações da personagem, que poderão ir contra a consciência do cristão. Por exemplo, um ator crente não se sentirá bem em representar uma cena explícita de sexo. Existe muita pressão no teatro e no cinema para o ator fazer de tudo sem questionar, mas o cristão precisa estabelecer seus limites para não ser abusado (Atos dos Apóstolos 5:29).

Antes de aceitar um papel, o ator crente deve estudar a personagem e entender o que vai ser pedido dele. Se achar que o papel não vai respeitar os seus limites, então não deve aceitar o trabalho, ou deverá tentar negociar algumas alterações. É normal ouvir que se você não aceitar tudo, então não vai chegar a lado nenhum. Isso é mentira. Você não precisa comprometer seus valores para ter sucesso na carreira. Poderá ser mais difícil e você poderá não ser super famoso mas Deus recompensa quem se mantém fiel (Provérbios 28:20).

Como posso fazer a diferença sendo um ator cristão?

Você pode fazer a diferença sendo um bom exemplo no seu trabalho. Há muito ator que é arrogante, faz muitas exigências e causa muitos problemas no trabalho. O ator crente pode ser diferente, sendo amável, humilde e pacífico, mesmo sendo famoso (Gálatas 5:22-23). Esse será um bom testemunho para todos os seus colegas e também dará razão aos valores que defende.

Tem muita gente que quer ser como seu ator favorito. Ao levar uma vida correta, sem a devassidão que todos associam à vida de celebridade, o ator cristão pode mostrar ao mundo uma maneira melhor de viver. Também tem muitas oportunidades para partilhar seu testemunho quando interage com o público.

Claro que se você sentir que ser ator vai ser muita tentação para você e vai estragar seu relacionamento com Jesus, então é melhor não ser ator. Há muitas outras coisas que você pode fazer, como participar no grupo de teatro de sua igreja ou fazer pequenos filmes como passatempo. O importante é ter a consciência tranquila perante Deus e fazer tudo para a Sua glória (Romanos 14:22).