Jesus aboliu o sábado?

Não, Jesus não aboliu o sábado mas ele explicou que o sábado foi criado para nos ajudar, não para nos restringir. Não há problema nenhum em descansar no domingo, em vez de no sábado.

O sábado foi criado para nosso bem, não para nos prejudicar. Sábado em hebraico significa “dia de descanso”. Todos precisamos de descansar regularmente, para relaxar e renovar nossas forças. Mas muitas pessoas ignoram essa necessidade. Por isso, Deus criou o mandamento do sábado (Deuteronômio 5:12-14).

Na Bíblia, o descanso está sempre associado a Deus. Quando descansamos, confiamos em Deus. O sábado era um dia para descansar e passar mais tempo com Deus, sem a preocupação do trabalho. Era um dia de bênção e alegria.

Descubra aqui: Jesus aboliu a Lei?

Jesus e o sábado

Jesus era perfeito e nunca quebrou a Lei de Deus. Mas ele foi acusado de quebrar o sábado, que era um mandamento de Deus. Jesus explicou que ele não estava quebrando o sábado; as regras do sábado eram diferentes da ideia que as pessoas tinham.

Jesus explicou que ele é o Senhor do sábado. O sábado era o dia de Deus. Jesus é Deus, por isso, ele tinha o direito de abençoar pessoas no sábado e trabalhar nas suas vidas (Marcos 2:27-28).

O fariseus e mestres da lei tinham uma ideia errada do sábado. Eles viam o sábado como uma regra que tinha de ser cumprida a todo custo, não como uma bênção de Deus. Jesus mostrou que o sábado é para nosso bem, não é uma questão de cumprir regras. Os sacerdotes que trabalhavam no templo quebravam a lei do sábado todas as semanas mas não era errado! (Mateus 12:5) Eles trabalhavam por turnos e descansavam noutro dia.

O sábado é um mandamento importante porque dá o direito de descansar. Não somos escravos do trabalho. Mas, por vezes, Deus nos chama a trabalhar no nosso dia de descanso e aí não é errado (João 7:23-24). O importante é ter descanso regular garantido.

Veja aqui: o que Deus diz sobre o trabalho?

Sábado ou domingo?

No início da igreja, houve algum debate sobre o sábado. Os judeus convertidos achavam que era preciso seguir a lei do sábado rigidamente, tal como todas as outras leis do Antigo Testamento. Mas os cristãos de outros povos não achavam necessário.

Os apóstolos ensinaram que o dia da semana não importa. Algumas pessoas consideram um dia mais importante, outros acham que todos os dias têm o mesmo valor (Romanos 14:5-6). Não é obrigatório descansar no sábado. Por outro lado, descansar ainda é importante (Hebreus 4:9-10).

Veja também: é pecado trabalhar no domingo?

Logo no primeiro século da igreja, os cristãos começaram a se juntar para louvar a Deus no domingo, o “dia do Senhor”, que foi o dia quando Jesus ressuscitou. Aos poucos, passaram a descansar mais no domingo que no sábado. Essa mudança não foi considerada errada, porque o importante é ter um dia para descansar, independentemente do nome desse dia.