O que é a Páscoa? Qual é o significado da Páscoa?

A Páscoa é a celebração da morte e ressurreição de Jesus, o acontecimento mais importante para todos os cristãos. É celebrada todos os anos num domingo, entre 22 de Março e 23 de Abril.

O significado da Páscoa

Páscoa vem da palavra hebraica pesah e significa passagem. Para os cristãos é a passagem de Jesus da morte para a vida, trazendo salvação para todos que crêem nele (João 5:24). Quando morreu e ressuscitou, Jesus pagou o preço do pecado e nos deu uma nova oportunidade para ter um relacionamento pessoal com Deus (Romanos 8:1-2). Esse foi o grande objetivo dele ao vir à terra.

A Páscoa tem sido celebrada pelos seguidores de Jesus desde muito cedo na sua História. Hoje, pessoas de todo o mundo se juntam para comemorar essa grande vitória, que mudou suas vidas.

A Festa da Páscoa na época de Jesus

Todos os anos, quando celebravam a festa da Páscoa em Jerusalém (João 2:13;João 12:1;João 11:55;João 19:14), Jesus era levado para lá pelo seus pais (Lucas 2:41).

Durante este período de festa, o cordeiro era sacrificado aos arredores do Templo. Muitos judeus vinham de outras regiões fora da Palestina para participarem da festa da Páscoa.

O mais habitual era os judeus se encontrarem e se reunirem em grupo, também foi assim com Jesus e seus seguidores, pois se reuniram no Cenáculo.

Encontramos, em várias partes da Bíblia, menção a Jesus por ser o cordeiro como por exemplo em (Isaías 53:7 e João 1:29).

O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo como João Batista bem disse em João 1:29. Jesus é o cordeiro perfeito! A partir daquele momento, não seria mais necessário sacrifícios envolvendo cordeiros, ervas e pães.

Com o sacrifício perfeito e definitivo de Jesus, o Cordeiro do Senhor, não havia nem precisava mais de outros tipos de sacrifícios. A substituição da carne do cordeiro, das ervas, dos pães, Jesus instituiu Seu corpo, Seu sangue, em memória deste sacrifício, portanto, ao participarmos da Ceia do Senhor, comermos o pão, bebermos o vinho, lembramos a Cruz, o sacrifício do Cordeiro de Deus.

Este momento, festa da Páscoa, que na verdade foi a última Páscoa, foi introduzido a primeira Ceia do Senhor. Algo interessante de perceber é que, a Páscoa sempre dava uma direção para frente, futuro, o que há de vir e já a Ceia aponta para o passado, como um símbolo, um acontecimento, do cumprimento, fidelidade e amor do Senhor por nós.

Veja mais: como deve um cristão celebrar a Páscoa?

A Páscoa judaica

Os judeus também têm uma festa chamada Páscoa, que é bem mais antiga. Como podemos ler em Êxodo 12, quando Deus tirou o povo hebreu do Egito, enviou primeiro um anjo para matar o filho mais velho de todas as famílias egípcias. Para evitar a praga, Deus mandou os judeus matar um cordeiro por família, em lugar do filho mais velho, e pôr o sangue à volta da porta de casa. Assim, o anjo passou mas não matou os filhos dos hebreus. Nessa noite saíram do Egito. Então, na festa judaica da Páscoa, a “passagem” significa a passagem do anjo da morte.

Depois que saíram do Egito, os judeus passaram a celebrar esse dia de libertação todos os anos, comendo cordeiro e pães sem fermento (Números 9:2-3). Foi na altura da Páscoa judaica que Jesus foi crucificado. Para o cristão, Jesus é o nosso Cordeiro que morreu em nosso lugar para que possamos ter vida eterna com Deus (João 3:16).

Leia aqui mais sobre a tradição da Páscoa judaica.

Símbolos da Páscoa

Alguns símbolos bíblicos da Páscoa são a ceia (o pão e o vinho), que Jesus instituiu na Quinta-Feira Santa, antes de ser crucificado, e a cruz, que representa a sua morte. O peixe também está associado ao tempo da Quaresma, que precede a Páscoa, e era um símbolo usado entre os crentes da igreja primitiva para se identificarem.

A Páscoa acontece na primavera, altura em que muitas religiões pagãs tinham festas para celebrar o fim do inverno, a vida e a fertilidade. O ovo e o coelho da Páscoa vêm dessas tradições pagãs. O ovo simboliza a nova vida e o coelho a fertilidade. É importante lembrar que esses símbolos não devem ser o foco da Páscoa, devem fazer-nos lembrar a ressurreição de Jesus, que nos deu uma nova vida e uma nova esperança.

Descubra aqui se comer ovo da Páscoa é pecado.