O que a Bíblia diz sobre falar com os mortos?

A Bíblia diz que falar com os mortos é pecado. Os mortos estão mortos, não podem falar conosco nem nos ajudar. Quando precisamos de ajuda ou orientação, devemos falar com Deus, não com os mortos.

Porque não devemos falar com os mortos?

Os mortos estão separados do mundo dos vivos, não têm mais contato. Os mortos não podem nos ouvir nem falar conosco. Os mortos não se tornam deuses, não sabem tudo nem têm a resposta para tudo. Só Deus tem as respostas que precisamos. Consultar os mortos é um insulto a Deus, porque pomos nossa esperança na pessoa errada.

Veja aqui: o que a Bíblia diz sobre os mortos?

Tentar comunicar com os mortos é perigoso, porque na verdade é chamar demônios. O diabo é o pai da mentira e é uma mentira acreditar que podemos falar com os mortos (João 8:44). Muitas experiências “genuínas” de comunicação com os mortos são demônios fingindo ser as almas dos mortos. Mesmo médiuns falsos, que inventam tudo, arriscam chamar demônios a sério sem querer.

Orar para os santos e para Maria também é errado, porque eles estão mortos. Mesmo estando no Céu, eles não podem nos ajudar nem interceder por nós. Só Jesus intercede por nós, porque ele está vivo (1 Timóteo 2:5). O melhor é deixar os mortos em paz.

Descubra aqui: espíritos podem comunicar conosco?

O caso de Saul

Depois que Deus o rejeitou como rei, Saul tentou falar com os mortos para obter orientação. Ele procurou uma médium e lhe pediu para chamar o falecido profeta Samuel (1 Samuel 28:5-8). A Bíblia não diz se foi um demônio fingindo ser Samuel ou se Deus abriu uma exceção e deixou o verdadeiro Samuel falar com Saul. Esse detalhe não é importante.

Veja também: fantasmas existem?

O mais importante foi o resultado da conversa. O espírito de Samuel condenou Saul por seus pecados e anunciou que ele iria morrer no dia seguinte. Saul acabou morrendo porque foi desobediente a Deus e consultou os mortos (1 Crônicas 10:13-14). Falar com um morto não o ajudou, antes confirmou sua condenação.