O que a Bíblia diz sobre paixão?

A paixão na Bíblia é vista principalmente como uma coisa negativa, quando não é controlada. É um sentimento muito forte, que facilmente pode dominar uma pessoa e pode induzir ao pecado. Não deve ser confundida com o amor.

Qual é a diferença entre paixão e amor?

Paixão é um sentimento muito forte de atração. Tal como qualquer outro sentimento, não dura para sempre, é temporário. Mas como é muito forte, especialmente na juventude, pode ser difícil de controlar, levando a gente às vezes a fazer coisas erradas sem pensar. Uma pessoa pode sentir-se atraída por alguém sem amá-la.

Amor é mais profundo que um sentimento. Muitas vezes é uma decisão que a gente toma. 1 Coríntios 13:4-8 diz que:

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca perece.”

Uma pessoa pode amar alguém sem se sentir atraída por ele.

Quer saber mais sobre o amor? Veja aqui: o que o amor?

Onde fala sobre paixão na Bíblia?

1 Tessalonicenses  4:4-5 avisa que a paixão pode dominar a gente, se não tomarmos cuidado. A paixão está muito ligada aos instintos do corpo, que temos de aprender a controlar. A paixão não controlada escraviza e leva ao pecado, mas quem tem Jesus pode ser liberto (Romanos 7:5-6).

A Bíblia conta alguns casos de pessoas que se deixaram dominar pela paixão. Em Gênesis 34:1-8, Diná, filha de Jacó, foi violentada por um príncipe chamado Siquém, que ficou apaixonado por ela. Ele depois pediu sua mão em casamento mas acabou sendo enganado e morto pelos irmãos de Diná. A sua paixão não o deixou ver que estava agindo errado e que os irmãos dela estavam muito zangados. Outro caso é o de Amnom, filho do rei Davi, que se apaixonou pela sua irmã Tamar, a ponto de ficar doente de desejo. Ele a violentou mas depois a paixão acabou e ele ficou com nojo dela (2 Samuel 13:15). Seu irmão Absalão ficou com tanto ódio dele que o matou. Nos dois casos, a falta de controlo sobre a paixão levou as pessoas a cometer pecado, sem preocupar com quem estavam machucando. Também causou a sua ruína.

Como posso controlar a paixão?

A melhor maneira de controlar a paixão é praticando o amor. Quem ama não é egoísta e vai colocar os outros em primeiro lugar. Amar é a única forma de ter relacionamentos saudáveis e duradouros e vem de Deus (1 João 4:7).

Outra forma de controlar a paixão é casando (1 Coríntios 7:9). Dentro de um casamento sério, firmado no amor de Deus e do marido, ou da esposa, a paixão pode ser dominada de uma forma saudável.

Ainda outra forma é fugindo da imoralidade sexual (1 Coríntios 6:18). Se você se sente tentado a pecar, afaste-se daquilo te tenta e repreenda essa tentação. Recuse o pecado, diga que não vai ceder (Romanos 12:2) e peça forças a Deus.