Como vencer o Desânimo em 5 passos

O desânimo pode ser vencido mediante a fé e a decisão firme do coração de mudar de atitude diante das circunstâncias da vida. Jesus disse para termos "bom ânimo" mesmo passando por aflições, porque Ele venceu o mundo (João 16:33).

As dificuldades da vida às vezes pressionam tanto que podem até nos deixar sem fôlego... O desânimo é isso mesmo: aquele estado de prostração, de indisposição, falta de vigor, ou mesmo um desapreço pela vida. É uma condição de abatimento, tédio, amargura ou preguiça pela qual normalmente todas as pessoas passam em algum momento. Mas a vitória de Cristo sobre tudo deve nos encher de ânimo e disposição para seguirmos os Seus passos. Jesus venceu e com Ele também vamos vencer!

não desanimados

5 Passos para abandonar o Desânimo:

Você sente-se desanimado? Com aquela "vontade de fazer nada" constantemente? Confira agora algumas atitudes importantes para vencer esse problema:

1. Reconheça o seu estado “desanimado”

Ganhe consciência de que o desânimo pode tornar-se um mau hábito. Para mudar esse status negativo, você precisa, antes de mais nada, reconhecer a sua condição. A sensação de apatia, preguiça ou tédio constantes podem agravar e lhe tornar infrutífero espiritualmente e nos seus afazeres diários. Num nível emocional, você poderá sentir esgotamento, ansiedade, tristeza, procrastinação ou depressão. Fisicamente, você pode estar com algum problema orgânico (alteração hormonal, deficiência de alguma vitamina, etc) ou apenas com preguiça, que te deixa desmotivado para qualquer tipo de tarefa, trabalho ou atividade. Considere se alguma dessas opções é o seu caso e decida sair dessa condição!

2. Avalie quais são as causas do seu desânimo

Esse é um importante passo de auto análise. Reconheça a origem dos sinais e decida pôr fim no desânimo urgentemente! Quando desconhecemos as razões, fica difícil atacar a raiz do problema. Procure descobrir o que o tem deixado desanimado ultimamente. O seu abatimento pode ser advindo de diversos fatores: problemas financeiros, familiares/relacionamentos, profissionais, doenças, sedentarismo, estresse, ou por causa de esfriamento espiritual. Analise se você tem desenvolvido maus hábitos de alimentação, excesso de trabalho ou falta de descanso, por exemplo.

3. Identificadas as causas, ataque-as com as armas que Deus te deu

A Bíblia provê resposta para cada uma das possíveis causas do desânimo. Por exemplo, para o problema de:

  • Falta de motivação - Faça tudo como se fosse para Deus Colossenses 3:23-24
  • Problemas financeiros - Seja sábio ao administrar seu dinheiro e confie na provisão de Deus (Filipenses 4:19)
  • Falta de descanso - Não se esqueça que descansar é bíblico, o próprio Deus deu-nos exemplo (Êxodo 34:21)
  • Falta de fé - A fé vem pelo ouvir (ler, meditar, estudar) e conhecer a Palavra de Deus (Romanos 10:17)
  • Preguiça - A Bíblia adverte-nos sobre esse mal (Provérbio 6:6-11)
  • Insegurança - A confiança em Deus traz firme segurança ao coração Naum 1:7
  • Pouca produtividade - Deixe a inatividade e faça tudo o que Deus lhe permite (Eclesiastes 9:10)
  • Desperdiçar o tempo - Precisamos aproveitar o tempo de forma diligente (Efésios 5:16)
  • Falta de Oração e gratidão - Desenvolva comunhão diária com Deus 1 Tessalonicenses 5:17-18

Respostas causas do desânimo

Ainda não encontrou uma causa para a sua situação? Veja abaixo mais algumas possibilidades:

  • Maus hábitos quanto ao cuidado do corpo - Você é muito precioso, por isso precisa de se cuidar e estar atento aos sinais que o seu corpo lhe dá. Ele simplesmente pode estar lhe avisando que você está chegando ao seu limite e que precisa de descansar e revitalizar. Precisamos desenvolver bons hábitos diariamente para evitar que os maus hábitos se instalem e dominem.
  • Procure ajuda de um especialista - Caso não encontre nenhum razão "aparente" para o seu desânimo, considere a possibilidade de buscar ajuda médica. Faça um check-up geral. Pode haver alguma relação entre o seu estado de prostração e alguma alteração no seu estado de saúde.

4. Reconheça a sua identidade em Cristo

Todo cristão sabe que a sua força não vem de si mesmo nem deve ser condicionada pelas circunstâncias. Por isso, sempre que começar a se sentir desanimado ou sem forças diante de algo, lembre-se que você é um filho Deus. A sua nova natureza, a partir de Jesus Cristo o torna capacitado a vencer os obstáculos que se levantem à sua frente. Além disso, há outro fato maravilhoso: O Espírito de Deus habita no seu coração, por causa dele você pode suportar todas as dificuldades com bom ânimo. Veja algumas realidades importantes:

  • Você é amado por Deus! (1 João 3:1)
  • Deus te deu vida hoje e isso deve valer a pena.
  • Você foi salvo por Cristo para viver em novidade de vida.
  • A sua alegria e força vêm do Senhor! (Salmos 28:7)
  • Deixe o passado para trás! Você é uma nova criatura, as coisas velhas já passaram!
  • Enquanto você viver, Deus tem um propósito para sua vida.
  • Aproveite o tempo! Depois da morte já não haverá oportunidade de trabalhar, realizar, sorrir, construir, amar... (Eclesiastes 9:10)

5. Revitalize a sua mente, corpo e coração

1. Para uma mente saudável é preciso colocá-la em atividade:

  • Elabore bons pensamentos - Já dizia o velho ditado "mente vazia é oficina do Diabo". Encha suas ideias com a Palavra de Deus (Colossenses 3:2)
  • Estude mais - "Há beleza em ser um eterno aprendiz!" Aprenda coisas novas. Pense mais profundamente acerca das coisas - Deus, vida, morte, universo, ciência, cultura, arte etc.
  • Raciocine! Não seja um "Maria vai com as outras!" - tire suas próprias conclusões, pesquise, avalie, elabore conceitos, descubra coisas novas.
  • Preste a Deus um culto racional - Ofereça a Deus a sua vida todos os dias. Mesmo que para isso seja preciso esforçar-se mais, para seguir em frente (Romanos 12:1).
  • Renove a sua mente - Em (Romanos 12:2) a Bíblia ensina que devemos renovar o nosso entendimento e não tomar a forma dos padrões do mundo. Torne a sua mente renovada na Palavra de Deus.

2. Cuide do seu corpo!

Cuidados do corpo contra o desanimo

Quem está desanimado tende a descuidar do corpo e praticar uma má alimentação, saltando refeições ou compensando, comendo demais. Além disso, a preguiça também interfere no nosso desempenho físico e nos cuidadas básicos com a higiene e estética.

  • Alimente-se bem - A má alimentação interfere diretamente no nosso desempenho diário, devido a ausência ou pelo excesso de determinados nutrientes. Alguns alimentos podem afetar diretamente o nosso organismo, inclusive nosso estado de humor. Por isso, escolha alimentos mais saudáveis, coma moderadamente e beba mais água! Tome cuidado com os extremos: comer de menos (dietas extravagantes!) ou "devorar" comidas que trazem conforto. Esse desajuste pode colaborar para o seu desequilíbrio físico, emocional e espiritual.
  • Tenha um corpo saudável - Mexa-se e se esforce mais! Caminhe mais vezes, opte por subir e descer escadas em vez de ir sempre de elevador. Busque ter uma vida ativa: se alongue pelas manhãs, limpe a casa, dance, brinque com as crianças, pratique algum esporte ou faça exercícios físicos regularmente.
  • Cuidado com o excesso de trabalho - O desgaste devido trabalho demasiado é outra causa de problemas físicos, emocionais e familiares. O estresse, a pressão e cobranças exageradas no emprego também causam desânimo, fadiga e tensão nas relações sociais. Um dos problemas aqui envolvidos, pode estar relacionado com as muitas distrações a que estamos sujeitos atualmente. A consulta frequente ao celular, notificações constantes das redes sociais e a facilidade de acesso à informação, faz com que você perca facilmente o foco de atenção nas tarefas que esteja desenvolvendo. Cuidado para que essa tendência não se torne um vício, porque retornar à tarefa interrompida várias vezes demanda um gasto muito maior de energia e concentração. O seu cansaço excessivo e baixa produtividade podem se originar exatamente do excesso de distrações.
  • Cuide-se bem - A aparência não é tudo mas é importante! Mantenha cuidados pessoais diários de higiene e beleza, mas sem excessos. Vista-se adequadamente para cada ocasião. Cause um bom impacto com a sua presença nos ambientes, pela discrição, simpatia e bom ânimo. Procure dormir bem diariamente e desenvolva o bom humor (Provérbios 15:13). Aprenda a gostar de si mesmo.
  • Seja ativo - Há pessoas que só reagem ao que lhes acontece e isso não é bom. Faça a diferença: procure estar disponível, assuma tarefas difíceis, pague o preço, trabalhe no anonimato, supere expectativas, seja o primeiro a oferecer ajuda, doe-se a quem necessita.

Leia aqui o que a Bíblia diz sobre alimentação

3. Desenvolva emoções equilibradas

O cristão precisa ter as suas emoções tratadas por Deus. A falta de equilíbrio emocional também pode gerar desânimo e tristeza. As perturbações emotivas começam a gerar sentimentos de apatia, medo, inveja, ressentimentos e sofrimento... Todas essas emoções negativas causam danos à sua saúde emocional e precisam ser removidas da sua vida:

  • Reconheça que Deus é a sua fonte de ânimo e contentamento!
  • Ouça a Palavra de Deus e obedeça! (Lucas 11:28)
  • Não se isole! A companhia das pessoas que amamos é importante! (Provérbios 17:17)
  • Deixe de estar apático ou ansioso. Deus cuida de de você!
  • Alegre-se! (Filipenses 4:4)
  • Pratique o perdão!
  • Saiba gerir sua ira e insatisfação! (Efésios 4:26)
  • Encontre o seu propósito como pessoa e dedique-se a isso para a Glória de Deus!

Alegrem-se sempre

A instabilidade do coração é um grave problema (Tiago 1:7-8) e é capaz de desajustar todas as outras áreas da vida. Caso se aperceba que as suas emoções estejam muito desequilibradas, busque ajuda em Deus mas também de um especialista. Há tratamentos e terapias importantes para ajudar casos de crises psicológicas e estados emocionais mais extremos.

Leia também: O cristão pode ir no psicólogo?

Exclua a falta de ânimo e coloque o seu coração aos cuidados de Deus. Viva com Cristo uma vida que traz satisfação, confiança, serenidade, alegria, esperança e amor.

Veja aqui: 7 exemplos de perseverança na Bíblia