Luto: Como o cristão deve lidar com a morte de acordo com a Bíblia?

O cristão deve passar pela fase do luto com esperança e firme confiança no consolo de Deus e da Sua Palavra. A perda de um ente querido é, certamente, uma das fases mais difíceis na vida de qualquer pessoa. Isso não é diferente para o cristão. No entanto, para o cristão fiel, que tem a Bíblia como sua regra de fé e prática, haverá da parte de Deus o conforto e consolo que os seu coração necessita, nos momentos mais tristes que enfrentar.

Luto- salmos 34:18

Perder alguém que se ama traz sempre muita dor e sofrimento. A diferença é que o crente em Jesus Cristo tem a esperança que esse não é o fim de tudo...

Enfrentando o luto de acordo com a Bíblia

Em primeiro lugar é preciso lembrar que o Senhor não está alheio ao nosso sofrimento. Ele concede ajuda e a consolação que você precisar para enfrentar a dor da perda.

Em segundo, entendemos por meio da Bíblia que o cristão deve enfrentar o luto com esperança e confiança em Cristo. A Palavra de Deus nos mostra que a nossa esperança não se resume apenas a essa vida (1º Coríntios 15:19). O cristão confia no Rei Jesus, que prometeu levar a todos que Nele crê para Seu reino eterno, no lar celestial.

Contudo, enquanto ainda estivermos aqui, estaremos sujeito a aflições e à morte. E, é natural manifestar tristeza, durante algum tempo, pela perda e saudade de alguém que morreu. Deus conhece a dor e sofrimento que essa separação nos causa. Ele mesmo sofreu quando Seu Filho Jesus morreu em nosso lugar.

Mas graças a Deus, Cristo venceu a morte e nós não precisamos mais estar desesperados quando somos afetados por ela:

Irmãos, não queremos que vocês sejam ignorantes quanto aos que dormem, para que não se entristeçam como os outros que não têm esperança.

1 Tessalonicenses 4:13

Fases do luto

Não há um período exato para se estar enlutado pela morte de alguém. Isso varia de pessoa para pessoa. Além disso, considerando-se que o luto é um processo, este poderá ser mais ou menos intenso consoante o estado emocional, o grau de proximidade e a fé que a pessoa tem.

Num primeiro momento, quem enfrenta o luto recebe um forte impacto com a notícia da perda. As lágrimas, a dor, a fragilidade emocional e a tristeza abatem e se potencializam dando início ao processo do luto. Para muitos, parece que falta o chão debaixo dos pés... é realmente muito difícil ter que se separar de quem se ama por causa da morte.

Quase sempre acontece a fase da negação, em que normalmente, não aceitamos que a realidade seja real. Alguns tentam fugir da verdade revoltando-se, outros tentam encontrar uma explicação (ou culpado) para o que aconteceu. São passos difíceis de dar... Na sequência, será preciso passar pelo doloroso processo da despedida: preparação do funeral e sepultamento...

O estágio seguinte é aquele em que se nota mais a ausência e a falta do ente querido. Nesta etapa, é preciso encontrar total amparo em Deus. Este é o momento em que o vazio da falta e as lembranças vão fazer a dor sobressair. Para muitos, esse pode se tornar um momento de grande tristeza e depressão. Precisamos ter a esperança firmada em Jesus para ultrapassarmos essa fase.

Com a ajuda de Deus e com o passar do tempo, começa-se o período de aceitação da perda. Os que conhecem ao Senhor podem experimentar uma total consolação do Espírito Santo, segundo a qual a dor se transforma em saudade. O conforto de Jesus lhe fará sentir o retorno da serenidade e paz ao seu coração.

Veja aqui: o que Deus diz sobre a tristeza?

Como o cristão deve expressar o seu luto?

O cristão não deve ser indiferente nem desesperar-se, antes deve agir com amor, sinceridade, equilíbrio e fé. Cada pessoa tem liberdade para manifestar as suas emoções com lágrimas, orações, silêncio, palavras ou lembranças... Mesmo abatido, o cristão mostra-se sempre confiante na Palavra de Deus e no consolo do Espírito Santo (2 Coríntios 4:8-9).

Nas diferentes culturas, o luto, interna e externamente é expressado de maneiras diferentes. O choro, lamento e o pesar são bastante comuns em quase todas etnias. Em nossa cultura, há aqueles que costumam resguardar alguns dias para o luto, outros que usam algum padrão ou cor específico de roupa, alguns ficam em silêncio, etc.. No contexto judaico, por exemplo, era comum rasgarem as vestes e colocarem pó de cinzas sobre a cabeça (Gênesis 37:34-35), como sinal do sofrimento e tristeza pela perda de alguém.

A Bíblia não condena as formas ou expressões de luto, apenas orienta que o cristão não deve se desesperar pelos que partem. Jesus também chorou pelo seu amigo Lázaro que tinha morrido. Mas consolou aos que creem, com a promessa da ressurreição e vida em Si mesmo:

Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá;

João 11:25

Essa esperança futura pode consolar os corações dos cristãos com a certeza de que a morte é apenas uma separação momentânea. Pela fé, todos os que creem receberão, em Cristo, a vida eterna.

Leia mais sobre: O que a Bíblia fala sobre luto?

Como o cristão deve lidar com a morte?

Apesar da morte ser um fato comum e natural, ninguém está totalmente preparado para enfrentá-la. Fatalmente, todos morreremos algum dia, exceto os que serão arrebatados na 2ª vinda de Jesus (1 Tessalonicenses 4:17). A Bíblia diz-nos que a morte é o pagamento correto por causa dos nossos pecados. Mas para solucionar esse problema mortal, Deus nos dá, graciosamente, a vida eterna em Jesus:

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Romanos 6:23

Por mais assustadora que seja, com Jesus o cristão não precisa mais temer, nem sofrer constantemente por causa da morte. Esta, exerce um dano momentâneo sobre o corpo material e corruptível das pessoas, desconectando-as desse mundo. Mas aquele que crê no Senhor Jesus, receberá a vida eterna e um corpo glorificado.

Por isso, quem confia no Senhor já não precisa ficar assombrado nem deprimido por causa da morte. Jesus venceu o poder da morte e do inferno! Já não há condenação para aqueles que estão em Cristo (Romanos 8:1)...

Apesar da dor e da saudade causadas pela separação dos que partiram, não precisamos permanecer tristes, porque Jesus ressuscitou! Ele foi o primeiro e, como Ele ressurgiu, todos os que creem Nele também viverão. Portanto, o crente deve lidar com confiança perante a morte:

Quando, porém, o que é corruptível se revestir de incorruptibilidade e o que é mortal de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: "A morte foi destruída pela vitória".

"Onde está, ó morte,
a sua vitória?
Onde está, ó morte,
o seu aguilhão?"

O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a Lei.

Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.

1ª Coríntios 15:54-57

Como agir em caso de perder alguém que não conhecia ao Senhor?

A melhor forma do cristão agir em situações desse tipo é confiar na soberania de Deus. Ele sabe de todas as coisas... Pode amparar você e consolá-lo da tristeza que sente pela morte da pessoa descrente.

A dor nestas situações parece ser ainda maior porque a pessoa que partiu morreu sem conhecer a Cristo. Sabemos que aqueles que morreram e que, de uma forma ou outra, tiveram a oportunidade de crer em Jesus mas o rejeitaram, não estarão na eternidade com Deus. Isso é doloroso, mas é o que a Palavra de Deus diz (Marcos 16:16).

Por outro lado, podemos também ter a esperança de que aquela pessoa tenha crido nos seus últimos momentos de vida. Na verdade, somente Deus sabe quem se salva ou não. Um dos ladrões ao lado de Jesus na cruz é um bom exemplo de que, até o último fôlego de vida, há oportunidade de receber a Cristo. Talvez, muitas pessoas que viveram longe de Deus, possam aproveitar a última oportunidade de crer em Jesus em sua vida.

Como lidar com a perda de alguém que era cristão?

É natural ficarmos comovidos perante a morte de alguém. Até Deus sente pesar pela morte de seus filhos (Salmos 116:15). Mas, para os que confiam na graça de Jesus Cristo, há promessas de ressurreição e vida eterna com Ele. Por isso, apesar do abalo causado pela morte, podemos ter a esperança de um reencontro futuro.

Creia: trata-se de uma despedida temporária, até aquele dia em que estaremos todos juntos na eternidade com Deus.

Você pode:

  • Ser grato a Deus pelo tempo em que pôde viver e desfrutar da companhia daquele(a) que partiu para o Senhor
  • Sentir-se triste, mas sem medo, desespero ou culpa
  • Sentir paz em seu coração, pois quem partiu está agora com o Senhor
  • Ter esperança de que haverá um reencontro futuro
  • Saber que a dor vai passar, pois Jesus Cristo consola e cura a dor da alma
  • Seguir a vida com amor, perseverança e fé em Deus
  • Consolar aqueles que estiverem passando pelas mesmas tribulações

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações.

2ª Coríntios 1:3-4

Para quem conhece o amor de Deus, sabe que os que morrem em Cristo têm uma esperança certa: a vida eterna com o Senhor (1 João 2:25). Infelizmente, precisamos nos separar das pessoas que amamos nesta vida. Mas pela fé, cremos que estaremos na eternidade juntos para sempre com Deus. Creia em Deus e receba forças renovadas, consolo e amparo Dele. Se a sua fé está firmada nele poderá dizer como o apóstolo Paulo, com Cristo "morrer é lucro" (Filipenses 1:21).

O seu luto terá fim, acredite!

Ainda que pareça que o seu sofrimento não vai ter fim, que a dor que tem sentido nunca mais o deixará, confia no Senhor! Essa dor vai passar... Todo sofrimento terá fim! Jesus Cristo venceu a morte! Ele foi preparar-nos lugar e depois voltará para nos buscar, para estarmos para sempre com Ele (João 14:2-3).

Não desista! Vale a pena seguir em frente com fé em Jesus Cristo, pois a Sua promessa em breve se cumprirá. Jesus voltará e estaremos na eternidade com Ele, juntos com aqueles que partiram no Senhor (1 Tessalonicenses 4:14). Deus estará presente para sempre e o mal não prevalecerá jamais!

Apocalipse 21:4

Essa é a esperança gloriosa que você pode ter: haverá um tempo em que não existirá mais sofrimento, nem morte ou dor, nem choro... Será um novo tempo (Isaías 60:20)! Deus prometeu e cumprirá!

Caso você esteja passando pelo luto, sofrendo a perda de alguém, lembre-se que Deus está presente neste momento. Nele você pode encontrar o amparo e consolo necessário para esse tempo tão difícil...

Leia mais: Será que há vida depois da morte?