Quem foi Noé?

Noé era um homem justo e íntegro que andava com Deus. Foi ele a quem Deus usou para salvar a humanidade do dilúvio. A sua história é contada no livro bíblico de Gênesis. O nome Noé (Noah, no original hebraico) significa "descanso"ou "repouso". Ele construiu a Arca onde ficou com sua família e com muitos animais durante o Dilúvio.

Noé e a arca

No tempo de Noé a sociedade vivia em extrema corrupção e perversão. As pessoas abandonaram ao Criador e viviam conforme as suas próprias vontades. Só pensavam em fazer o mal o tempo todo. Deus ficou decepcionado com tudo que viu e decidiu destruir a humanidade (Gênesis 6:5-7). Mas Noé era um homem justo, que obedecia a Deus (Gênesis 6:9) em sua geração. Por isso, Deus decidiu salvá-lo e à e sua família.

Veja aqui: por que Deus fez o dilúvio?

Quando Noé tinha cerca de 500 anos de idade, Deus o mandou construir uma arca muito grande, porque iria trazer um dilúvio para destruir a terra. Naquele tempo as pessoas viviam muitos anos. Noé, sua família e casais de todas as espécies de animais terrestres deveriam entrar na arca (Gênesis 6:17-19). Apenas quem estivesse na arca seria salvo.

A obediência e confiança de Noé

Noé fez tudo conforme Deus mandou e foi um pregador (2 Pedro 2:5). Mas apenas sua família acreditou nele. Nunca tinha chovido e ninguém confiou na palavra de Noé nos anos em que ele construía a arca. As pessoas não se arrependeram de seus pecados e por isso não entraram na arca.

Noé e sua família foram salvos na arca - Hebreus 11:7

Quando Noé tinha 600 anos, o dilúvio chegou. Noé, sua esposa, seus três filhos e suas esposas entraram na arca, junto com todos os animais e Deus fechou a porta. Choveu durante 40 dias e todos que não estavam na arca morreram afogados (Gênesis 7:16-17). Depois que a chuva parou, Noé continuou dentro da arca durante cerca de um ano, enquanto a água ainda cobria a terra.

O Dilúvio trouxe destruição e punição sobre toda a terra. A arca serviu como símbolo de salvação para Noé, sua família e para os animais que entraram com eles. Essas vidas foram poupadas pela graça de Deus.

Leia aqui: quantos animais entraram na arca de Noé?

Um novo começo, o mesmo tropeço

Quando Noé saiu da arca ele construiu um altar e ofereceu sacrifícios a Deus. Deus fez uma aliança com Noé, prometendo nunca mais destruir a terra com um dilúvio. Ele criou o arco-íris como sinal dessa promessa (Gênesis 9:13-15). Depois do dilúvio, a família de Noé repovoou a terra.

Contudo, apesar de Deus ter poupado a família de Noé e seus futuros descendentes, a natureza pecaminosa permaneceu ligada ao coração e às práticas dos homens. Logo após saírem da arca, um dos filhos de Noé desonrou o seu pai e foi amaldiçoado por isso.

O pecado continua a atuar

Noé era agricultor e, depois do dilúvio, ele plantou uma vinha e inventou o vinho. Noé também foi o primeiro homem que se embriagou com vinho. Bêbado, ele ficou nu dentro de sua tenda (Gênesis 9:20-21). Seu filho mais novo viu e foi contar para seus irmãos. Mas os dois irmãos mais velhos trataram seu pai com respeito e o cobriram. Quando Noé ficou sóbrio, ele abençoou seus dois filhos mais velhos mas amaldiçoou o mais novo (Gênesis 9:25-27).

Veja também: qual o nome dos filhos de Noé?

Os filhos de Noé tiveram muitos descendentes, que se espalharam pela terra. Como sabemos a maldade continuou a crescer entre as pessoas no mundo todo, mas Deus mantém a Sua promessa de não destruir a terra com dilúvio novamente. Noé viveu muito tempo depois do dilúvio e morreu com 950 anos. Ele ficou conhecido por ser um homem de fé, abençoado por Deus (Hebreus 11:7).

Um alerta para os nossos dias

A natureza pecaminosa continua impregnada na humanidade (Romanos 3:23) e assim, continuamos desagradando a Deus e às Suas Leis. No entanto, Ele nos deu a possibilidade de sermos justificados pela fé, tal como Noé foi salvo por confiar e temer a Deus. Em Jesus Cristo, poderemos alcançar o perdão dos nossos pecados e a purificação do nosso interior. Só podemos ser libertos da corrupção, da maldade e perversão através de Jesus Cristo e da Sua obra redentora.

Jesus Salvador - João 3:17 - Quem foi Noé?

Jesus compara os dias anteriores aos do Dilúvio aos dias que antecedem à sua 2ª vinda (Lucas 17:26-27) e também:

Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem.

Pois nos dias anteriores ao Dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e dando-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca;

e eles nada perceberam, até que veio o Dilúvio e os levou a todos. Assim acontecerá na vinda do Filho do homem.

Mateus 24:37-39

Atualmente, muitas pessoas continuam a viver longe da vontade de Deus, sem se arrependerem dos seus pecados, rejeitando o que Ele nos deixou na Sua Palavra. Mas a Bíblia adverte-nos que os pecados serão punidos e os pecadores sem Deus serão condenadas pelas suas más obras. Somente aqueles que aceitam pela fé, a graça concedida por Jesus Cristo, serão salvos da ira futura, no final dos tempos.

Como Noé, precisamos pregar a justiça, confiar em Deus e andar com Ele todos os dias da nossa vida. A salvação, pela fé em Jesus, é a certeza e a confiança que podemos ter sempre. Já não precisaremos de uma grande arca, Jesus é o único meio pelo qual podemos nos livrar da punição eterna. Ele é o Salvador verdadeiro e fiel que recompensará a nossa fé e amor.

Veja: Como ter uma vida com Deus?