Traição tem perdão? Como perdoar uma traição?

Sim, traição tem perdão mas isso não significa que o relacionamento vai voltar a ser como era antes. A Bíblia não obriga pessoas traídas a ficarem no casamento. Mesmo assim, é importante perdoar, para haver restauração.

Todo tipo de traição é ruim mas traição no casamento é terrível. A pessoa traída tem todo direito de se sentir triste e zangada, porque a aliança do casamento é sagrada (Malaquias 2:13-14). A traição é um pecado grave, com muitas consequências, e não é fácil de perdoar. E, mesmo com perdão, o relacionamento poderá nunca mais ser o mesmo.

Perdoar é muito difícil quando os sentimentos são feridos tão profundamente. Mas, com a ajuda de Jesus, o perdão liberta do rancor e da amargura. Quando a pessoa que traiu está realmente arrependida, o perdão pode até trazer restauração ao casamento.

A Bíblia mostra um exemplo de traição no casamento que foi perdoado. O profeta Oséias foi traído por sua esposa, que o abandonou. Durante algum tempo, eles viveram separados mas depois, quando ela ficou em apuros, ele procurou a reconciliação. Essa experiência foi um símbolo do amor de Deus por nós (Oséias 3:1). Nós traímos a Deus mas Ele está sempre pronto a nos perdoar e restaurar quando nos arrependemos.

Veja também: o que a Bíblia diz sobre traição no casamento?

Como perdoar uma traição?

O perdão não é fácil e a Bíblia não oferece soluções rápidas. Mas, com a ajuda de Jesus, é possível. Algumas coisas que você pode fazer para perdoar são:

Reconhecer o problema

A culpa da traição é sempre da pessoa que trai, não da pessoa que é traída. O casamento pode ter problemas causados pelos dois mas nada justifica uma traição. Você tem todo direito de reconhecer sua mágoa e dor. Conte tudo para Deus e peça Sua ajuda para perdoar.

Escolher perdoar

O primeiro passo para o perdão é querer perdoar. Quando você reconhece o sofrimento que seu cônjuge lhe causou você tem uma escolha: guardar ressentimento e exigir castigo, ou perdoar e entregar tudo nas mãos de Deus. Perdoar é uma escolha consciente que você provavelmente terá de fazer várias vezes até se tornar mais fácil (Efésios 4:32).

Pedir restauração a Deus

Seus sentimentos vão estar muito machucados e vão precisar de cura. Peça a Deus que Ele retire o ressentimento e a dor (Isaías 61:1-3). Ele pode restaurar sua paz e alegria! Quando a dor diminui, perdoar se torna mais fácil.

Leia também: como posso perdoar?

Dar uma segunda chance

Se seu cônjuge estiver realmente arrependido, você pode lhe dar uma chance para restaurar o casamento. Mas essa é uma decisão sua e você não deve se sentir pressionado a voltar ao casamento se não se sentir bem com isso. É muito importante saber que o cônjuge mudou de verdade.

Se os dois estão prontos para tentar outra vez, é bom que os dois conversem sobre o casamento e como podem melhorar a situação. Também é importante procurar a ajuda de uma pessoa mais sábia, como um pastor, que pode aconselhar e pedir contas.

Atenção: casamento é trabalho de equipe. Se um dos lados não está pronto para dar seu melhor, não vai funcionar. Você não tem a obrigação de fazer o trabalho todo. Perdoar é trabalho seu mas a reconciliação é um trabalho a dois.