O que a Bíblia diz sobre amargura? O que é uma raiz de amargura?

A amargura é um sentimento ruim, de sofrimento, tristeza e ressentimento. Assim como alguns alimentos deixam um sabor amargo na boca, algumas situações podem tornar a vida amarga. Guardar a amargura não é bom, porque tira a alegria da vida e causa ainda mais sofrimento.

Todos passamos por tempo difíceis mas algumas coisas nos afetam mais que outras. A amargura pode surgir por causa de um acontecimento triste, como a morte de um ente querido, ou por causa de uma injustiça, como uma traição, ou outra coisa ruim. Quando essas coisas acontecem, é normal sentir amargura mas depois temos uma escolha: deixar a amargura crescer e contaminar nossa vida, ou lidar com a situação de maneira positiva (Efésios 4:31-32).

As consequências de uma vida de amargura

Quando deixamos a amargura tomar conta de nossa vida, estraga muitas coisas e pode levar a todo tipo de pecado. Algumas consequências podem ser:

  • Infelicidade, focando apenas nas coisas ruins da vida
  • Ingratidão, por não apreciar as bênçãos de Deus, pensando apenas na amargura
  • Ódio por quem tratou mal
  • Atos de vingança e maldade
  • Influenciar outros a terem pensamentos negativos
  • Perda de amizades
  • Afastamento de Deus, por se sentir zangado com Ele e com tudo

Por causa de tudo isso, é muito importante tratar da amargura. Nossa vida não precisa ser definida pela amargura do passado. Em Jesus, podemos viver livres!

Veja também como você pode ficar livre do ressentimento.

Como posso me libertar da amargura?

Se você está lutando com sentimentos de amargura, Jesus pode lhe ajudar a ficar livre. Guardar amargura é pecado mas Deus lhe ama e quer lhe perdoar e restaurar sua vida. Peça perdão a Ele e creia que Jesus é seu salvador. Esse é o primeiro passo e o mais importante.

Qual é a origem de sua amargura? A amargura normalmente vem associada à falta de perdão. Há alguém que você precisa perdoar? O perdão liberta de muita amargura. Escolha perdoar e largar o desejo de retribuição, deixando o passado nas mãos de Deus (Romanos 12:17-19).

Veja aqui: como posso perdoar?

Por fim, olhe para as bênçãos de Deus. Mesmo com tudo que você tem passado, existem coisas boas na vida, que podem lhe alegrar. A maior bênção que Deus dá é Sua presença. Se você ama Jesus, você nunca está sozinho! E mais: você tem a promessa da  vitória e da vida eterna. Nos momentos de amargura, não se esqueça da alegria maior da salvação.

O que é uma raiz de amargura?

Hebreus 12:14-17 fala sobre uma raiz de amargura, que é infeciosa e causa muitos problemas. Essa raiz de amargura é uma atitude que resulta em amargura para a vida da pessoa. Nesse contexto, o problema não é a amargura mas o que causa a amargura.

Esaú era o filho mais velho de Isaque e, por tradição, ele deveria ser o próximo líder da família e receberia uma bênção especial do pai. Mas Esaú desprezou esse privilégio e um dia vendeu seu direito de filho mais velho a seu irmão Jacó por um prato de comida! Ele achava que esse ato não era importante mas, mais tarde, Jacó recebeu a bênção especial do pai e Esaú ficou sem nenhuma bênção (Gênesis 27:33-35). Ele tinha perdido sua oportunidade. Então Esaú ficou muito amargurado e quis matar Jacó.

Muitas pessoas, até dentro da igreja, desprezam o dom da salvação e continuam na imoralidade. Em vez de viverem para Deus, procurando se santificar, continuam no pecado, sem remorsos nem vergonha, achando que depois vai ficar tudo bem. Mas, no fim, eles perdem sua oportunidade de serem salvos (Hebreus 10:26-27). O resultado é muita amargura.

Descubra aqui: um cristão pode perder a slavação?

Não devemos desprezar o que Jesus fez por nós. A salvação implica uma mudança de atitude em relação ao pecado. Não podemos viver mais conformados mas procurar viver de maneira que agrada a Deus. Nossos pecados devem nos incomodar e nossa consciência nos desafia a mudar. Se continuamos no pecado, achando que não tem problema, vamos colher fruto muito amargo em nossa vida.