Cristãos devem celebrar o Natal?

Para os cristãos há liberdade para comemorar o Natal e para não comemorar o Natal, e é uma questão de consciência. A Bíblia diz em Romanos 14:5 que:

Há quem considere um dia mais sagrado que outro; há quem considere iguais todos os dias. Cada um deve estar plenamente convicto em sua própria mente.

O apóstolo Paulo conclui o pensamento dizendo em Romanos 14:22:

Assim, seja qual for o seu modo de crer a respeito destas coisas, que isso permaneça entre você e Deus. Feliz é o homem que não se condena naquilo que aprova.

No entanto, existe muita discussão sobre este tema, e nem todo mundo concorda sobre o tema.

Veja também: qual é o significado do Natal?

O que a Bíblia diz sobre o Natal?

Muitos cristãos não celebram o Natal e usam os seguintes argumentos:

  1. A Bíblia não ordena que cristãos celebrem o Natal ou proíbe mesmo;
  2. Não existe indicação de que os primeiros cristãos celebravam o Natal;
  3. Jesus não nasceu em dezembro;
  4. Atualmente o Natal é uma celebração do materialismo;
  5. A celebração popular do Natal tem origem em festas pagãs, assim como elementos associados, como a árvore de Natal;
  6. Árvores de Natal são proibidas nas Escrituras, em passagens como Jeremias 10:2-4, Isaías 44:14-15 e Jeremias 3:13;
  7. Papai Noel é um mito que tira o foco de Jesus.

Descubra mais sobre a árvore de Natal aqui: crente pode ter árvore de Natal?

Algumas das respostas mais comuns dos cristãos que celebram o Natal são:

  1. A Bíblia não ordena nem proíbe especificamente a celebração do nascimento de Jesus, mas encoraja-a (anúncio dos anjos cheio de alegria, por exemplo);
  2. Os primeiros cristãos não faziam muitas outras coisas que hoje os cristãos fazem e aceitam com naturalidade;
  3. Existe muita discussão sobre quando Jesus nasceu e não há consenso, mesmo entre estudiosos. É possível que Jesus tenha nascido em dezembro, embora não haja certezas.
  4. Cristãos devem celebrar o Natal de forma diferente, não caindo no materialismo.
  5. Cristãos devem aproveitar todas as oportunidades para exaltar a Cristo e transformar completamente mesmo celebrações pagãs em algo que honre a Deus.
  6. As passagens referem-se à criação de ídolos, estão fora do contexto da passagem e não se referem de forma alguma a árvores de Natal. Ninguém adora a árvore de Natal.
  7. É verdade que Jesus tem que ter o centro de toda nossa atenção, e devemos condenar a mentira. Cristãos não precisam de forma alguma aceitar Papai Noel para celebrar o Natal.

Descubra aqui: o que contar às crianças sobre Papai Noel?

Perigos em que Você Pode Cair

Existem dois perigos em que o cristão pode cair na época do Natal. O primeiro é aceitar tudo o que a sociedade e cultura atuais dizem que o Natal deve ser e como deve ser celebrado. O segundo é rejeitar a festividade por completo e acabar por cair numa espécie de legalismo, que nos distrai da Boa Notícia que é a vinda de Jesus ao mundo.

Então, crente deve ou não deve celebrar o Natal?

Sim, todo cristão deve celebrar o nascimento de Jesus, o Salvador. Juntamente com a morte e ressurreição de Jesus, a sua encarnação (o momento em que o Verbo se fez carne, se tornou um de nós) deve ser celebrado sim. Mas cada um tem a liberdade de fazer isso de acordo com a sua consciência e como o Espírito Santo guiar e não precisa ser em nenhuma data específica.

Você celebra o Natal no dia 25? Faça isso para a glória de Deus. Você prefere não celebrar nesse dia? Glorifique a Deus nisso.

Você tem árvore de Natal? Use a oportunidade para se lembrar das várias bênçãos que temos em Jesus. Está convencido de que não deve ter? Aproveite para dizer para todo mundo que você prefere celebrar de outra forma esse acontecimento super importante que foi o nascimento de Jesus!

Qualquer que seja a sua convicção, o importante é abençoar as pessoas não só nesta época mas durante o ano todo. Dar as boas notícias de que Jesus veio, morreu e ressuscitou para nos salvar tem que ser sempre e não só em dezembro!