Deus perdoa a todos?

Sim, Deus perdoa qualquer pessoa que realmente se arrepende e aceita Jesus como seu senhor. Não importa quantos pecados cometeu ou quão sérios eram, o sacrifício de Jesus pagou por tudo (Romanos 3:22). Deus também não faz distinção de idade, sexo, raça, cultura, religião anterior; todos são iguais. O passado é apagado e não há mais condenação (Romanos 8:1-2).

E as pessoas que fizeram coisas mesmo muito ruins?

Deus perdoa! Basta se arrependerem. Arrependimento implica uma mudança, a vida da pessoa não vai mais ser a mesma. A Bíblia está cheia exemplos de pessoas que fizeram coisas terríveis mas se arrependeram e Deus as usou de maneira poderosa. Pelo menos 13 dos 28 livros do Novo Testamento foram escritos por um assassino – Paulo (1 Timóteo 1:15). Antes de sua conversão, Paulo perseguiu e prendeu cristãos e ajudou a matar Estêvão, um homem íntegro. Mas quando Jesus lhe foi revelado, sua atitude mudou completamente. Paulo se tornou um grande missionário e testemunha de Cristo.

Jesus não fazia distinção entre pessoas. Ele tanto mostrava seu amor para gente honrosa como para ladrões, burlões, prostitutas e adúlteros. O seu amor é incondicional. Isso significa que não depende do que a gente fez ou não fez, Ele ama porque somos criaturas de Deus.

Veja também: Deus ama o pecador?

Mas isso não é injusto?

Não. Todo o pecado leva à morte, não importa quão grande é aos nossos olhos (Romanos 3:23). Para Deus todo o pecado é abominável. Estamos todos na mesma situação. Da mesma forma, o sacrifício de Jesus apaga todos os pecados de igual forma, restabelecendo nossa comunhão com Deus.

Isso não significa que não há mais consequências. Todos ainda vamos morrer fisicamente. E alguns pecados vão ter outras consequências ao longo da vida. Deus perdoou Davi seu adultério mas seu bebê ilegítimo ainda morreu (2 Samuel 12:13-14). Paulo teve muita dificuldade em conquistar a confiança dos outros cristãos no início do seu ministério (Atos dos Apóstolos 9:26). Outros pecados têm outras consequências, como pena de prisão.

Veja aqui: Deus é justo?

Quem se arrepende do seu pecado “grande” às vezes vai precisar fazer reparação e pedir perdão a quem fez mal. E quem só fez pecado “pequeno” precisa mostrar misericórdia e perdão, lembrando que seus pecados foram tão maus como os dos outros, aos olhos de Deus. Quer você apenas tenha contado uma pequena mentira, quer você seja um político corrupto que manda assassinar gente, Jesus morreu por você.