O que a Bíblia diz sobre a bondade de Deus?

A Bíblia nos diz que a bondade de Deus é uma de Suas principais qualidades ou atributos. Faz parte da essência de Deus ser Bom e generoso. Essa bondade pode ser vista nas obras que Ele fez e no amor que tem manifestado pela humanidade, ao criar, sustentar e oferecer reconciliação em Jesus Cristo.

Desde o princípio, vemos no relato da Criação no livro de Gênesis, que a bondade de Deus foi uma característica fundamental e constante. Ele deixou marcas da sua bondade impressas em todo o universo. A palavra “bom” aparece pelo menos sete vezes na descrição dos feitos do Senhor. Isso reflete o Seu caráter, pois pela Sua bondade, tudo foi maravilhosamente formado. Portanto, a Criação foi a primeira marca da bondade do Senhor!

O que é a bondade de Deus?

A bondade de Deus faz parte de Sua essência! É uma característica intrínseca ao Senhor, que é manifesta através do que Ele criou, na forma misericordiosa com que se relaciona com a Criação e, na Sua auto revelação, pelas Escrituras e através de Jesus. A bondade de Deus é eterna, infinita, ilimitada e abundante. É mais uma forma de demonstração do Seu Amor (1 João 4:7-8) por todo o mundo.

Salmos 34:8

O Senhor é a causa principal e primária da bondade. Os seres humanos possuem uma bondade, mutável e limitada, ao contrário de Deus que é imutável e é sempre bom! O Senhor é o padrão de bondade, Ele é bom em todo tempo!

O Senhor, em Sua infinita bondade, deu a Adão a Sua Palavra e o livre arbítrio. O fato de o homem ter feito mau uso da liberdade recebida não invalida a bondade de Deus. Deus quis e quer se relacionar com o homem, sem que este seja "obrigado" a tal. Da mesma forma Deus não nos obriga a sermos bons, mas nos ensina como podemos melhorar, através da Bíblia Sagrada.

Graça e Misericórdia

A bondade de Deus também é revelada no modo em que Ele nos trata, demonstrando o Seu amor com:

  1. Graça - Ele dá favores que não merecemos
  2. Misericórdia - Ele não aplica os castigos que nós merecemos

Deus é bom, pois concede graça e misericórdia diariamente para com todos. Ele tem paciência, sabendo que somos limitados; ensina e revelou-se através da História; dá sustento, livramento e perdão a quem lhe pede. E especialmente, em meio a todas as Suas riquezas e bênçãos, a maior delas é a obra da redenção. Por meio de Jesus Cristo, a bondade de Deus foi manifestada na cruz do calvário!

A Bondade e outros princípios

A bondade faz parte de um conjunto de princípios e valores bíblicos importantes para desenvolvermos nos nossos relacionamentos diários. Enquanto cristãos, podemos imitar a Deus, como filhos amados (Efésios 5:1). Assim, além da bondade outros princípios fundamentais serão associados à prática de amar e servir:

  • piedade,
  • justiça,
  • misericórdia,
  • santidade,
  • verdade,
  • generosidade, (2 Coríntios 8:2-3)
  • e outros tantos...

Isso irá refletir a bondade que vem de Deus auxiliando-nos na comunhão e relacionamento com Deus e com o próximo. Toda bondade, justiça e verdade são frutos que brilham refletindo a luz de Deus (Efésios 5:9-10).

Salmos 116:12

Exemplos de bondade na Bíblia

  • - era um homem reto e temente a Deus, por isso era bondoso e bastante generoso, fazendo justiça e ajudando aos necessitados (Jó 29:11-17;
  • Davi mostrou piedade e bondade por Saul, não retribuindo o mal que este queria lhe fazer. Mas acima disso, demonstrou temer a Deus, não matando um rei ungido, mesmo que seu oponente quisesse lhe tirar a vida. Ele também demonstrou bondade para com um descendente de Saul, Mefibosete, filho de Jônatas (2 Samuel 9:1-3);
  • Parábola dos trabalhadores na vinha - Exemplo de graça, empregados que entraram para o turno de trabalho já no fim do dia, receberam o mesmo salário que aqueles que começaram no início do dia (Mateus 20:1-);
  • A discípula Dorcas - era uma cristã que não media esforços para fazer o bem. Fazia túnicas e vestidos para pessoas necessitadas e viúvas. Tinha imensa bondade em seu coração a ponto de muitos testemunharem coisas boas a seu respeito (Atos 9:36-42);
  • Estevão - enquanto era apedrejado orou pelos seus executores (Atos dos Apóstolos 7:59-60);
  • O Senhor Jesus Cristo - foi claramente o maior exemplo de amor, piedade e bondade na Bíblia. Ele foi bondoso, se compadecendo de doentes, famintos, enlutados e principalmente, teve misericórdia e graça pela condição de pecado da humanidade. Ele entregou-se na cruz em favor de pecadores, como nós. E, mesmo da cruz, se preocupou com sua mãe (João 19:26-27) e clamou em favor de seus inimigos (Lucas 23:34).

A bondade de Deus na redenção

A obra salvadora do Senhor em favor da humanidade é a manifestação suprema da bondade de Deus por nós!

Quando houve a queda em Adão, a bondade de Deus não deixou de existir, nem foi diminuída. Ele proveu, roupas para cobrir a vergonha que o homem começara a sentir, pelo conhecimento do mal. Mas aquelas vestimentas de peles, eram prova de que alguém tinha sido sacrificado para cobrir a culpa e vergonha dos pecadores. Assim continuou acontecendo na história de Israel, com o sacrifício de animais, para perdoar os pecados do povo.

Tudo isso era apenas sombras do que iria acontecer. Através do sacrifício de Jesus, Deus proveu a solução para a culpa dos pecadores, definitivamente. Ele manifestou bondade a todos, por meio da GRAÇA e MISERICÓRDIA de Jesus Cristo. Por essa dádiva, não somente deixamos de receber o castigo que os nossos pecados merecem (morte eterna), como também ganhamos a redenção (perdão dos pecados e justificação):

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Romanos 6:23

Portanto, não há mérito nenhum em nós, nem há nada que façamos para merecer a bondade de Deus. Toda expressão de amor, misericórdia e favor imerecidos vêm de Deus para nós, gratuitamente. Pois Ele mesmo pagou o preço e concede, gratuitamente, a Sua bondade (reconciliação, perdão, salvação, vida eterna). Cabe a nós considerar e aceitar pela fé, a fim de permanecer na Sua bondade:

Portanto, considere a bondade e a severidade de Deus: severidade para com aqueles que caíram, mas bondade para com você, desde que permaneça na bondade dele. De outra forma, você também será cortado.

Romanos 11:22

A bondade do Senhor é constante e imutável, não sofre alteração nem mudanças. O Senhor nos criou pela Sua imensa bondade e nos redimiu em Cristo, para sua glória e louvor. E, porque nos ama, apesar das nossas falhas e pecados, Ele continua sendo Bom (Lamentações 3:25), sempre! Deus nunca foi mais ou menos bondoso (Mateus 5:45), Ele é Bom o todo tempo!

Confie e desfrute da maravilhosa bondade de Deus, hoje mesmo!