Namoro entre crente evangélico e católico, pode?

O namoro entre um evangélico e um católico não é proibido mas pode não ser aconselhável. As interpretações do evangélico e do católico da Bíblia poderão causar problemas no relacionamento. Antes de tomar uma decisão, é importante que os dois conversem muito sobre sua fé.

Faça esta pergunta: será que a pessoa de quem eu gosto é salva e tem um compromisso sério com Jesus? Peça que essa pessoa conte seu testemunho sobre seu relacionamento com Jesus. Se você é salvo, você vai querer ter um relacionamento onde os dois expressam seu amor por Jesus em união (1 Coríntios 1:10).

Veja aqui: o que Deus diz sobre a união?

As crenças são uma parte muito importante da identidade de uma pessoa, que afetam sua perspetiva e atitude. As crenças fundamentais de um casal precisam estar em acordo, para ter união. O namoro cristão é o tempo em que o casal se aproxima mais e considera a possibilidade de casar. No casamento é importante ter união (Marcos 10:6-9); uma diferença de crenças poderá causar muita divisão.

Veja também: um cristão pode namorar uma pessoa não cristã?

Tal como no meio evangélico existe muita gente que não é crente verdadeiro, no meio católico existe gente que é salva. Dentro de qualquer denominação cristã, evite se relacionar com quem não ama Jesus. Não espere que seu namoro vai converter essa pessoa – não depende de você, só Deus converte (1 Coríntios 7:16).

Está confuso sobre continuar ou acabar seu namoro? Leia aqui: como saber se devo terminar o namoro?