Segundo a Bíblia o que é prostituição?

Na Bíblia prostituição é ter relações sexuais fora do casamento, normalmente por dinheiro. Outra forma de prostituição na Bíblia era a prostituição em rituais pagãos, ou prostituição cultual. A prostituição é pecado e tem muitas consequências negativas.

A prostituição era muito comum nos tempos bíblicos e há muitas passagens na Bíblia que condenam a prática. Tanto a pessoa que se prostitui quanto a pessoa que se envolve com uma prostituta (ou um protituto) cometem pecado. Muitas prostitutas eram escravas ou muito pobres, sendo forçadas a se prostituírem, mas também havia algumas mulheres adúlteras que escolhiam ser prostitutas.

A prostituição deturpa a relação sexual e promove muitas outras coisas ruins, como a violência e a escravatura. A Bíblia avisa dos perigos de se envolver em prostituição:

  • Destrói famílias
  • Acaba com a fortuna – Provérbios 29:3
  • Traz vergonha
  • Mata – Provérbios 7:25-27

Outro grande problema em Israel era a prostituição cultual. Muitas religiões pagãs tinham ritos que envolviam prostituição. A prostituição era usada como uma forma de magia ou de se ligar com o espiritual. Quando os israelitas começaram a se envolver com essas religiões, adotaram também a prostituição cultual (1 Reis 14:23-24). Houve até prostituição no templo do Senhor!

Veja também: o que é imoralidade sexual na Bíblia?

Prostituição espiritual

A Bíblia também usa a prostituição como representação da idolatria. Deus é apresentado como o marido fiel, que só quer o bem de sua esposa e que fez uma aliança sagrada com ela. Mas a esposa o traiu e se prostituiu com outros deuses (Jeremias 3:9-10).

Deus não partilha Seu povo com outros deuses, tal como um marido não partilha sua esposa com outros homens. Adorar outra coisa que não é Deus é como se prostituir. Mas Deus ainda nos ama e perdoa quem se arrepende.

Leia aqui mais: o que Deus diz sobre a idolatria?