O que é Hermenêutica? Como interpretar a Bíblia

Hermenêutica é a interpretação coerente de textos, como a Bíblia. O objetivo da Hermenêutica é fazer uma boa interpretação do texto, chegando ao seu verdadeiro significado e aplicando-o corretamente. Todo cristão deve procurar entender o que as palavras da Bíblia realmente significam, para não cair no erro.

Os ensinamentos da Bíblia não são apenas uma questão de interpretação pessoal (2 Pedro 1:20-21). Isso significa que não devemos forçar nossas próprias ideias sobre o texto mas sim procurar descobrir o que a Bíblia realmente ensina. Deus fala conosco através da Bíblia e, quando lemos a Bíblia, nosso objetivo deve ser descobrir qual é a mensagem de Deus.

Todos usamos um pouco de Hermenêutica quando lemos um texto e procuramos entender o que diz. Hermenêutica bíblica é uma forma organizada de compreender e interpretar o que lemos na Bíblia. Geralmente, a Hermenêutica envolve três passos:

1. Entender o texto

O primeiro passo de ler um texto é entender as palavras que estão escritas. Isso significa entender o que a passagem da Bíblia está dizendo, sem interpretações nem aplicações.

Por exemplo, se lermos a parábola da casa construída sobre a rocha, em Lucas 6:47-49, a primeira coisa que devemos fazer é tentar entender a história. Neste caso, conta sobre um homem que construiu uma casa com alicerces fundos, na rocha. Sua casa ficou bem construída, por isso conseguiu resistir a uma inundação. Outro homem fez uma casa sem alicerces. Essa construção era fraca, por isso foi destruída na inundação.

Nessa primeira fase, é importante procurar o significado de palavras que você não entende e tentar entender frases complicadas. Você também pode ver como os elementos do texto da história estão relacionados. Por exemplo, por que a casa na rocha resistiu à inundação? (Porque estava bem construída e tinha bons alicerces.) Quem é comparado ao homem que não constrói alicerces para sua casa? (Aquele que ouve as palavras de Jesus e não as põe em prática.)

Veja aqui mais: como entender a Bíblia?

2. Entender o contexto

Nenhuma passagem bíblica existe sem contexto. Muitas vezes, se não entendemos o contexto, vamos fazer uma interpretação errada (ou não vamos entender nada). Cada versículo e cada passagem bíblica faz parte de uma história maior. Ignorar o contexto é como abrir um livro em uma página qualquer e ler uma frase ao acaso. Não faz sentido!

Usando novamente o exemplo da parábola da casa construída sobre a rocha, quando olhamos para o contexto, vemos que foi uma história contada por Jesus para as pessoas que o seguiam. Ele estava avisando que não bastava chamá-lo de “Senhor” (Lucas 6:46). Seus seguidores precisavam colocar seus ensinamentos em prática em suas vidas. Ele contou a parábola para mostrar por que era importante ser praticante da palavra.

Quando se olha o contexto, pode ser útil analisar algumas coisas:

  • Os textos que vêm antes e depois da passagem
  • O tipo de livro da Bíblia em que a passagem se insere
  • Quem foi o autor da passagem, ou quem disse as palavras
  • Quem era o público-alvo original
  • Qual era a mensagem para o público-alvo original
  • Qual era o contexto histórico e cultural da passagem

Descubra aqui a História de Israel.

3. Entender a aplicação atual

A interpretação pessoal deve ser a última parte de uma boa interpretação de uma passagem bíblica. Somente quando entendemos a mensagem original do texto é que podemos aplicá-la a nossas vidas atuais. Apesar de ter sido escrita há muito tempo atrás, originalmente para pessoas muito diferentes de nós, a Bíblia continua relevante hoje em dia.

Por exemplo, a parábola da casa construída sobre a rocha tem uma aplicação clara para todo cristão. Não podemos ser apenas cristãos da boca para fora. Precisamos ser praticantes da palavra de Deus. Assim como a casa construída sobre a rocha ficou firme, uma vida alicerçada e guiada pelos ensinamentos de Jesus fica firme nas tempestades da vida. Por outro lado, quem não põe a palavra em prática é como o homem que construiu a casa sem alicerce. Mesmo se reconhecer Jesus como Senhor, sua vida não será firme.

Essa parábola ajuda a entender a importância da Hermenêutica. Uma leitura pouco cuidadosa e fora do contexto poderá levar a uma interpretação errada. Ignorando o contexto poderíamos pensar que a parábola ensina sobre a importância de acreditar em Jesus. Mas uma análise mais profunda mostra que é sobre pôr a fé em prática.

Veja também: como ler a Bíblia? Planos de leitura e dicas.

Regras importantes para interpretar bem a Bíblia:

  • A Bíblia interpreta a si mesma - muitas partes da Bíblia explicam outras partes, como por exemplo o sinal de Jonas mencionado em Mateus 16:4 é explicado em Mateus 12:39-41
  • A Bíblia é consistente - se sua interpretação de uma passagem contradiz o que o resto da Bíblia diz sobre o tema, a interpretação provavelmente está errada; os ensinamentos da Bíblia não se contradizem
  • O Espírito Santo ajuda a entender - se você está com dificuldade em entender o que você lê na Bíblia, peça ajuda a Deus e o Espírito Santo lhe ajudará - 1 Coríntios 2:12