Josué e as muralhas de Jericó

Jericó foi uma cidade fortificada pelos cananeus as margens do Rio Jordão, a antiga cidade da Judeia era conhecida como 'a Cidade das Palmeiras'.

Jericó é considerada a cidade mais antiga do mundo com aproximadamente 11.000 anos desde a sua fundação. Segundo alguns registros, as muros de Jericó possuíam por volta de 6 metros de altura, considerado intransponível para a época.

Josué sucedeu Moisés e conduziu povo israelita a Terra Prometida, Canaã (Josué 1:2-3). Instruídos por Deus, o povo israelita - sob comando de Josué - investiu contra a poderosa cidade.

A conquista de Jericó foi a primeira e a mais marcante batalha na vida de Josué. Outro fator em que o jovem líder teve destaque, foi na partilha da Terra Prometida as doze tribos (Josué 23:4).

Veja: Quem foi Josué na Bíblia?

Vestígios da cidade de Jericó
Vestígios arqueológicos da cidade de Jericó

Raabe e os espias

Para conquistar Jericó, Josué enviou dois espias para recolherem informações (Josué 2:1-3). Chegando na cidade, foram recebidos e protegidos por uma prostituta chamada Raabe que morava ali.

A notícia se espalhou e chegou ao conhecimento do rei de Jericó, que exigiu que fosse entregue os espiões. Raabe respondeu dando informações desencontradas afim de confundir os soldados e proteger os espias (Josué 2:4-5).

Raabe sabia que Deus tinha entregado Jericó aos israelitas e chegou a confessar isto aos espias (Josué 2:8-9). Depois do acordo, Raabe ajudou os espias descerem pelo muro através de uma corda lançada de sua janela além de sugerir uma rota de fuga (Josué 2:15-16).

Depois de receber informações dos espiões (Josué 2:23-24), Josué conduziu o povo israelita na travessia do rio Jordão rumo a cidade fortificada (Josué 3:1). Através do mover de Deus, Josué e os israelitas atravessaram o rio Jordão em terra seca (Josué 3:15-17).

Raabe foi citada no Novo Testamento como um exemplo de fé (Hebreus 11:31). Devido a sua coragem, Raabe e a sua família sobreviveram a aniquilação em Jericó (Josué 6:22-23).

Saiba mais: Quem foi Raabe?

A queda das muralhas de Jericó

Com mais de 40.000 homens preparados para a batalha, Jericó foi totalmente bloqueada (Josué 4:13) e ninguém podia entrar nem sair da cidade (Josué 6:1).

Seguindo as instruções dadas por Deus, Josué marchou com seus guerreiros ao redor da cidade uma vez por dia durante seis dias seguidos (Josué 6:3-5).

No sétimo dia a cidade foi rodeada sete vezes (Josué 6:14-15). Ao fim da sétima volta, sete sacerdotes tocaram suas trombetas, logo após ao toque os israelitas bradaram em alta voz e as muralhas caíram (Josué 6:20).

Raabe e sua família foram preservados, mas toda a cidade foi aniquilada (Josué 6:21-23). Todo ouro e utensílios foram entregues ao tesouro do santuário do Senhor (Josué 6:24). Por fim, Josué fez um juramento solene amaldiçoando quem tentasse levantar novamente a cidade (Josué 6:26).

A conquista de Jericó foi uma prova de perseverança e fé do povo de Israel. Ao obedecerem a Deus, Josué e seu povo foram capazes de traspor muralhas e se tornaram um grande exemplo de fé (Salmos 18:29 e Hebreus 11:30).