O que é a parábola do grão de mostarda?

A parábola do grão de mostarda, apesar de ser uma das menores parábolas, é muito popular. Este ensinamento de Jesus pode ser encontrado em Mateus 13:31-32, Marcos 4:30-32 e Lucas 13:18-19.

Mesmo que pequena, esta parábola nos traz um grande ensinamento sobre a fé e o Reino de Deus. Para entendermos a parábola, devemos anteriormente saber o que é um grão de mostarda.

A semente de mostarda é extremamente pequena, tem cerca de 1,5 milímetros de diâmetro. Mas apesar do seu tamanho, depois de germinada, seu tamanho pode alcançar até de 3 metros de altura.

Mostarda
Grãos de mostarda

O Reino de Deus é como um grão de mostarda

Nesta pequena parábola Jesus compara o Reino de Deus à semente de mostarda. Apesar de pequena, semeada se torna uma grande árvore e abriga os ninhos dos pássaros.

Quando Jesus comparou o reino de Deus ao grão de mostarda, Ele não estava relacionando o tamanho da semente ao tamanho do Reino de Deus, mas ilustrava o poder de crescimento da Palavra do Reino dos Céus. Mesmo em uma pequena dose, a Palavra do Evangelho é capaz de crescer, multiplicar seu tamanho ao ponto de abrigar a todos que procuram por abrigo.

Essa ilustração do Reino de Deus, seu poder, crescimento e acolhimento vai de encontro com a palavra liberada no Antigo Testamento em Ezequiel 17:23. O Evangelho é eficaz e uma vez liberado - semeado - é capaz de crescer e acolher, gerando um ambiente rico em vida.

Saiba: O que é o Reino de Deus?

Podemos reconhecer nessa ilustração o próprio Evangelho anunciado por Jesus, onde se iniciou de forma simples e com os humildes. Ele teve pescadores como discípulos (Mateus 4:18-22) e entrou em Jerusalém no lombo de um jumentinho (Mateus 21:5). Mas apesar da simplicidade, o Evangelho se espalhou pelos quatro cantos da terra e até hoje gera muitos frutos, filhos e filhas de Deus!

Ter a fé como um grão de mostarda

Em Lucas 17:5-6, os apóstolos pedem a Jesus que aumente a fé deles. Jesus foi categórico respondendo no versículo 6: "Se vocês tiverem fé do tamanho de uma semente de mostarda, poderão dizer a esta amoreira: 'Arranque-se e plante-se no mar', e ela obedecerá".

Veja: Por que Jesus falava em parábolas?

O Apóstolo Paulo nos ensina que "a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos" (Hebreus 11:1) e "sem fé é impossível agradar a Deus". Mesmo pequena, a fé tem que ser baseada na certeza e por isso a fé fundamentada - mesmo que pequena - é capaz de mover o impossível. Essa convicção se dá lendo e ouvindo a Palavra de Deus (Romanos 10:17).

Em Mateus 17, os discípulos tentam expulsar um demônio de um homem sem sucesso e Jesus intervem. Em reservado, os discípulos perguntam a Jesus o porquê de não conseguiram expulsar o demônio. Jesus fala da pouca fé que eles tinham, comparando ser menor que um grão de mostarda (Mateus 17:20).

Desta maneira podemos entender o real poder da fé e sua eficácia. Se a nossa fé for do tamanho de um grão de mostarda já seria o suficiente para um grande mover em nossas vidas. Por isso, devemos perseguir com todas as forças, crescer em fé, para que através de nós, em fé, possamos realizar grandes coisas em nome de Jesus (João 14:12-14).