Qual o significado da cruz como símbolo cristão?

O significado da cruz remete ao sacrifício de Jesus Cristo por toda a humanidade! Foi numa cruz que Jesus foi crucificado e, portanto, é o principal símbolo no Cristianismo.

De modo geral, a cruz representa morte. Durante muito tempo (entre séculos 6 a.C e 4 d.C) a cruz era onde havia morte, tortura, dor. No processo da crucificação, a pessoa era amarrada ou pregada, e, ficava ali, sendo torturada muitas vezes ou, lentamente esperava a morte chegar. Mas, por causa do sacrifício Jesus, a cruz ganhou outro significado.

A cruz como símbolo cristão e seu significado

A cruz tinha o propósito de eliminar os inimigos de Roma e, sendo assim, era um instrumento de tortura. Era, portanto, usada para castigar escravos e pessoas que causavam agitação.

A cruz, como símbolo cristão, é a representação da vitória de Jesus Cristo sobre a morte e o pecado, pois Ele venceu a morte, ressuscitou para trazer redenção à humanidade. Quando lembramos da cruz de Cristo, nossa fé e esperança centram-se em Jesus, Aquele que ressuscitou. Por isso, para o apóstolo Paulo a cruz era motivo de glória (Gálatas 6:14).

Alguns estudiosos acreditam que, a partir do século II, a figura da cruz era utilizada como uma maneira de identificar os cristãos, pois durante o século I, ainda era doloroso associar a cruz como um símbolo cristão, justamente pela dor que a cruz, como um instrumento de tortura, causava. Não encontramos razões bíblicas que motivem o uso da cruz, símbolos ou figuras, no sentido de serem ou se tornarem objetos de adoração.

Saiba aqui sobre mais símbolos do Cristianismo

Cruz

Na Bíblia, encontramos referências a três tipos de cruz. Em Lucas 23:33-43 temos a primeira cruz sendo a “Cruz do Calvário”. Estamos falando da cruz de madeira na qual Jesus foi pregado.

Em Romanos 6:6 e Gálatas 5:24, o apóstolo Paulo está fazendo menção ao “velho homem, a carne, as paixões”. Esta é a segunda cruz! Paulo está usando a cruz como uma metáfora, em que o “velho homem” é arrancado de nós, para assim nascermos de novo e começarmos nossa caminhada com Cristo, como discípulos.

E, por fim, temos a terceira cruz ilustrada em Mateus 16:24 e em Lucas 9:23. O “tomar sua cruz e negar a si mesmo” também é uma metáfora, no sentido de usar a cruz para isso, isto é, não é uma cruz física. Cristo tomou sobre si todos nossos pecados, negou a si mesmo, decidiu fazer a vontade do Pai. O próprio Senhor Jesus disse que ninguém poderia ser discípulo Dele sem tomar a sua cruz dia após dia, negando seus desejos, sua carnalidade, como Ele mesmo fez.

A cruz, portanto, possui um profundo significado para nós, cristãos. Foi nela que nosso Senhor Jesus foi pregado, foi torturado, teve uma morte terrível, mas Ele venceu a morte, e Seu sacrifício trouxe perdão dos pecados, esperança, redenção e, é a única ponte de acesso para o Pai (João 14:6).

Por isso, a cruz de Cristo tem que representar e ser algo muito sério para todos os cristãos e, servir de modelo para nossa vida, no sentido de a cada dia "eu diminuir, para que Ele cresça" (João 3:30).

Leia aqui sobre a importância da cruz de Cristo