Quem eram os nicolaítas?

Os nicolaítas eram os seguidores de uma heresia que se tinha infiltrado na igreja primitiva. No livro de Apocalipse, Jesus condenou as práticas dos nicolaítas e avisou seu povo a não seguir nos seus erros.

A Bíblia não explica quem eram os nicolaítas nem nos diz em que acreditavam. Apenas diz que suas práticas eram detestáveis para Deus. O problema era tão sério que uma igreja onde seu ensino se tinha infiltrado corria o risco de ser destruída! - Apocalipse 2:15-16

O nome da maioria dos partidos religiosos, das seitas e das heresias vinha de seu fundador ou de alguém que serviu de inspiração para o grupo. Por isso, os nicolaítas provavelmente tiraram seu nome de alguém chamado Nicolau.

Algumas tradições afirmam que o fundador da heresia foi Nicolau, um dos sete homens escolhidos pela igreja para servir, junto com Estêvão (Atos dos Apóstolos 6:3-5). No entanto outras tradições mais antigas negam essa associação. Considerando a ótima reputação de Nicolau e seus companheiros na Bíblia, é pouco provável que ele tenha sido o fundador dessa seita detestável. Os nicolaítas podem ter usado seu nome para dar mais credibilidade ao grupo ou podem ter sido fundados por outro Nicolau.

Veja aqui: o que é uma seita?

Quais eram as práticas detestáveis dos nicolaítas?

A Bíblia não diz quais eram os pecados dos nicolaítas, mas sua influência na igreja era um perigo grave. Eles estavam presentes em pelo menos duas cidades: Éfeso e Pérgamo. A igreja de Éfeso lutava contra seu ensino (Apocalipse 2:6) mas a igreja de Pérgamo não. Por causa disso, essa igreja estava em apuros.

A igreja de Pérgamo tinha um problema com idolatria. Apocalipse 2:14-15 mostra que os crentes estavam caindo nos mesmos erros que o povo de Israel no deserto, muitos séculos antes. Um homem chamado Balaão tinha induzido o povo de Israel a cometer idolatria e imoralidade sexual. Agora alguns cristãos estavam participando de festa idólatras e promovendo a imoralidade! Além disso, ainda toleravam os nicolaítas.

Descubra aqui: quem foi Balaão?

As práticas dos nicolaítas podem ter alguma ligação com os pecados dos seguidores de Balaão, de idolatria e imoralidade. Seus ensinos podem ter reforçado as práticas desse outro grupo. Ou então, os pecados dos nicolaítas podem ter sido outros, mas estavam piorando a confusão espiritual que se vivia na igreja de Pérgamo.