Como pregar a palavra de Deus?

Todos são chamados para pregar a palavra de Deus! Você pode pregar de várias maneiras diferentes; não existe uma única fórmula para pregar (Marcos 16:15). No entanto, a Bíblia dá vários conselhos sobre como pregar a palavra de Deus.

Pregar significa anunciar, expor ou explicar a palavra de Deus. Algumas pessoas são chamadas para pregar com sermões e estudos bíblicos mas todos podemos pregar de outras maneiras:

  • Com a vida – muitas vezes as ações falam mais alto que as palavras; viver o evangelho é uma forma de pregar o evangelho
  • Em conversas – uma conversa sobre Jesus e a fé é uma forma de pregar a palavra de Deus
  • Com testemunho pessoal – você pode explicar a palavra de Deus contando sobre sua experiência de vida com Jesus

Veja também: como evangelizar?

Se você quer pregar um sermão, a Bíblia também tem alguns conselhos importantes:

Mantenha a mensagem centrada na palavra de Deus

A Bíblia deve ser a base e o centro de toda pregação (2 Timóteo 3:16-17). Você pode usar outras histórias e exemplos para ilustrar situações mas a mensagem principal deve ser sempre fundamentada na Bíblia. Somente a palavra de Deus tem autoridade suprema.

Procure fundamentar suas ideias e argumentos na Bíblia. Seu objetivo principal ao pregar é revelar e explicar a palavra de Deus, para que outros ganhem entendimento e sejam edificados.

Leia aqui: como estudar a Bíblia?

Seja honesto e cuidadoso

O pregador precisa “manejar bem” a palavra de Deus (2 Timóteo 2:15). Isso significa tomar cuidado ao preparar a pregação, procurando a orientação de Deus e procurando a interpretação correta das Escrituras. Preparação cuidadosa mostra respeito pela palavra de Deus.

Outra parte de “manejar bem” a palavra de Deus é ser honesto. Não há problema nenhum em admitir que você não entende alguma coisa ou que existem partes da Bíblia que são difíceis de aceitar. Não distorça a verdade para que diga o que você quer. No fim, isso só causa mais problemas.

Evite controvérsias inúteis

Sim, é importante ajudar as pessoas a resolver suas dúvidas mas existem algumas controvérsias que são inúteis (2 Timóteo 2:23-24). É muito fácil ficar emaranhado em uma controvérsia sobre detalhes, perdendo de vista os ensinamentos mais importantes da Bíblia. Questões secundárias merecem apenas um lugar secundário na pregação.

Em qualquer controvérsia, quando você prega procure sempre o assunto maior, que está por trás do problema. Não se deixe apanhar nas coisas pequenas. Aponte sempre para a verdade maior da Bíblia. (Por exemplo, com a questão da homossexualidade, as perguntas maiores são: como Deus trata os pecadores em geral, o que é um casamento e qual é o objetivo da sexualidade?)

Questões práticas sobre pregar

Cada pregador é diferente e tem seu próprio estilo de pregação. Com o tempo e a experiência, você vai desenvolver sua maneira própria de pregar. No entanto, toda pregação deve ter uma estrutura básica:

  • Princípio – a apresentação do assunto da pregação
  • Meio – o desenvolvimento do assunto, com exemplos, argumentos, etc.
  • Fim – a síntese das ideias principais da pregação e aplicação prática

Também é importante ter em conta aspetos práticos como o tempo que você tem para pregar, as características dos ouvintes (como seu nível de escolaridade ou de conhecimento da Bíblia), os recursos disponíveis e o tipo de participação que a igreja vai ter (um grupo pequeno pode participar muito mais ativamente que um auditório de mil pessoas).

Além disso, é bom preparar para dificuldades. Por exemplo, como você vai lidar com aquela pessoa que sempre interrompe para falar sobre outro assunto? Tudo isso pode parecer muito de início, mas quando você prega regularmente vai ficando mais natural.

E um último conselho: se você está com dificuldades, peça ajuda! Você não precisa fazer tudo sozinho. Procure alguém mais experiente para lhe ajudar e ensinar a pregar a palavra de Deus. Mesmo quem tem o dom de pregar precisa aprender.