Jogar futebol é pecado?

Não, jogar futebol não é pecado. A Bíblia não condena a diversão. Futebol jogado direito é um jogo muito divertido, bom para a saúde e que promove o trabalho em equipe. O problema não é jogar bola mas o coração e as intenções de quem joga.

Se Jesus está trabalhando em sua vida, você vai evitar xingar, brigar e machucar durante o jogo de futebol. Você também não será mau perdedor, não levando o jogo muito a sério. Nada disso faz parte do jogo, vem do coração da pessoa. A forma como você joga até pode ser um bom testemunho para seus amigos que não são crentes.

Crente pode ser jogador profissional?

Sim, crente pode ser jogador profissional de futebol. Jogar futebol é uma profissão honesta, como qualquer outra. Um bom jogador de futebol profissional precisa ter muitas virtudes cristãs, como:

  • Trabalho árduo - Provérbios 14:23
  • Dar seu melhor - Colossenses 3:23
  • Trabalho em equipe - Efésios 4:2

Como em qualquer profissão, o jogador de futebol profissional vai enfrentar muitas tentações. Por isso, é muito importante pedir força e coragem a Deus para fazer o que é certo.

E torcer por um time, pode?

Sim, podemos torcer por um time mas sem fanatismo. É só um jogo. Não é preciso entrar em rixas nem mostrar desrespeito para torcer pelo seu time. Podemos torcer de maneira divertida e inocente, marcando a diferença pela moderação e o respeito.

Cuidado com quem é muito radical, proibindo tudo (Colossenses 2:20-23). Temos o direito de nos divertir, tal como o resto do mundo, mas da maneira correta. Deus gosta de nos ver felizes.

Atenção! O futebol não pode tomar o lugar de Deus. Se você notar que está muito apegado ao futebol e isso está interferindo em sua vida e comunhão com Deus, afaste-se do jogo (1 Coríntios 6:12).