O que Deus diz sobre divórcio?

Deus diz que odeia o divórcio. É isso que lemos na Bíblia, em Malaquias 2:16.

Antes de qualquer discussão sobre o que se pode ou não fazer em termos de divórcio é bom lembrar que o divórcio é uma coisa muito séria, e deve ser evitado a todo custo.

Divórcios acontecem por causa do pecado de homens e mulheres, e não por ser a vontade de Deus. Jesus disse que:

  • o casamento é algo criado por Deus (Mateus 19:4-5);
  • o casamento não deve ser desfeito pela vontade humana (Mateus 19:6);
  • Deus apenas permite o divórcio por causa da dureza do coração humano, não porque fazia parte do plano inicial (Mateus 19:8).

Leia aqui: Deus perdoa o divórcio?

Divórcio em caso de infidelidade

Jesus estabeleceu uma exceção que permite a possibilidade de divórcio: a imoralidade sexual:

Mas eu digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério. (Mateus 5:32)

Eu digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério". (Mateus 19:9)

Jesus diz então que no caso de infidelidade o divórcio é permitido. Mas não significa que seja a melhor solução. Arrependimento (da parte do ofensor) e perdão (da parte do ofendido) são o caminho preferencial a seguir.

Quando isso não é possível, por causa da dureza de coração, tanto do ofensor, não querendo se arrepender ou do ofendido, não querendo perdoar, o divórcio é permitido.

Leia também o que a Bíblia diz sobre a violência doméstica.