O que a Bíblia diz sobre adultério?

Nos Dez Mandamentos, a Bíblia proíbe o adultério (Deuteronômio 5:18). Não existe nenhuma justificativa para o adultério. Todo adultério é pecado e precisa ser confessado com arrependimento para receber perdão.

Adultério acontece quando uma pessoa casada tem relações com alguém que não é seu cônjuge. A Bíblia é muito clara sobre o adultério – é pecado. Quer seja cometido pelo marido, quer pela esposa, o adultério é muito grave.

O casamento foi criado por Deus para ser desfrutado entre um homem e uma mulher, com compromisso de exclusividade. No casamento, os dois juram fidelidade um ao outro, diante de Deus. O adultério é uma violação da aliança com o cônjuge, com os possíveis filhos e com Deus (Malaquias 2:13-15).

A infidelidade no casamento é algo que Deus detesta. Ninguém tem o direito de separar o que Deus uniu (Mateus 19:6). No Antigo Testamento, o castigo por adultério era a morte tanto do adúltero como da pessoa com quem tinha adulterado.

O adultério vem do coração

Muitas pessoas criam desculpas para seu comportamento adúltero:

  • Meu cônjuge não me ama
  • Não tenho satisfação em meu casamento
  • Minha vida no casamento é insuportável
  • Não consigo me controlar

Mas para todas essas desculpas a Bíblia diz: o adultério ainda é pecado! A solução para os problemas no casamento não é o adultério. Procure consertar seu casamento, não destruí-lo ainda mais.

A culpa não é do cônjuge. A culpa é do adúltero. O adultério vem de dentro e começa com um coração virado para coisas erradas. Jesus disse que o homem que olha para uma mulher com desejo já adulterou com ela no coração (Mateus 5:27-28).

Veja também: namorar homem casado é pecado?

Cometi adultério, o que faço?

Peça perdão e pare de adulterar. O adultério não é um pecado imperdoável. Deus sempre perdoa quem se arrepende (1 João 1:9). Arrependimento significa decidir mudar de vida.

Também é importante pedir perdão ao seu cônjuge. Procure mudar sua vida e se reconciliar com seu cônjuge. Isso pode ser muito difícil e doloroso mas é a melhor coisa para fazer. Seu casamento é valioso, não o deite fora! Tome a atitude certa.

Veja aqui: como vencer a tentação?

Meu cônjuge adulterou, o que faço?

Se seu cônjuge adulterou, a primeira coisa que você precisa saber é que a culpa não é sua. Jesus disse que em caso de adultério, o cônjuge traído tem direito ao divórcio (Mateus 19:9). Você não tem obrigação de ficar em uma situação degradante.

Por outro lado, também é importante perdoar. Guardar rancor somente vai machucar você. Perdoar não é desculpar o que aconteceu; é largar o rancor e o desejo de retribuição. Deixe Deus lhe restaurar. Se seu cônjuge se arrepender, é bom dar uma segunda chance e tentar restaurar o casamento mas se não der certo você está livre de obrigação.

Leia aqui mais: como posso perdoar?