O que Deus diz sobre traição?

Desde o princípio Deus abomina a traição, ou infidelidade. A traição começou quando os primeiros seres humanos, Adão e Eva, quebraram a aliança que tinham com Deus, quando deram ouvidos a serpente, desobedecendo a uma ordem de Divina (Génesis 3).

A traição é não cumprir com um compromisso feito. Na história de Deus e o homem, Ele tem sido sempre fiel aos seus compromissos, ainda que o homem seja infiel. Ao longo do tempo podemos ver a infidelidade do homem para com Deus e de uns para com os outros.

Na Bíblia a palavra aparece muitas vezes, sendo usada de outras formas mas tendo o mesmo significado. Ela está ligada a infidelidade, deslealdade e adultério. A Bíblia, também nos adverte a fugir de pessoas que são infiéis e condena a pratica. Nossa palavra deve sempre ser cumprida: nosso sim deve ser sim e nosso não, não (Tiago 5:12).

A traição ou infidelidade pode acontecer entre:

  1. Deus e o homem – O primeiro caso conhecido é o de Adão e Eva; e também ao longo da história, de Israel contra Deus; da humanidade contra Deus; de Judas contra Jesus - Mateus 27:4.
  2. Casais – a quebra do compromisso que fizeram um com o outro, perante familiares, amigos e Deus.
  3. Governos – Quando os líderes governamentais quebram os acordos que fazem, podendo acarretar muitos problemas para o país.
  4. Sociedade – Quando uma das partes quebra a aliança que fizeram, levando ao prejuízo ou à ruína de uma delas ou de ambas.

As consequências da traição/traidor:

  1. Serão envergonhados - Salmos 25:3.
  2. Castigo – Como o exemplo do povo de Israel, em todo o livro de Oséias.
  3. Serão apanhados na sua própria maldade - Provérbios 11:6.

É preciso pensar bem antes de assumir um compromisso com alguém, pois a quebra deste pode prejudicar e muito a vida, tanto do traidor como da pessoa traída.