O que é o Halloween?

O Halloween, ou Dia das Bruxas, é uma festa de celebração da morte e de coisas assustadoras. Halloween significa “véspera de Todos os Santos” e acontece a 31 de outubro. A Bíblia não fala sobre Halloween.

O Halloween tem uma mistura de origens cristãs e pagãs. Essa data estava ligada a algumas festa religiosas pagãs da Europa, celebrando a morte, representada pelo início do inverno. Os cristãos decidiram mudar seu significado, para ser uma coisa boa. Surgiu assim o Dia de Todos os Santos, a 1 de novembro, para lembrar as obras de bons cristãos do passado. Algumas práticas pagãs continuaram a ser realizadas na noite antes do Dia de Todos os Santos, criando o que conhecemos hoje como Halloween.

Atualmente, os Estados Unidos têm tornado o Halloween em uma festa muito conhecida pelo mundo. Nessa noite as pessoas se fantasiam e as crianças vão de casa em casa, brincando de “gostosura ou travessura”.

Halloween e a Bíblia

O Halloween não existia nos tempos da Bíblia. Cada cristão deve decidir de acordo com sua consciência s vai ou não vai celebrar Halloween (Romanos 14:12).

Veja aqui: crente pode participar de Halloween?

Existe um lado inocente no Halloween. Comer doces e se fantasiar de princesa ou herói não tem nada de errado. A Bíblia não tem nada contra festas inocentes.

Mas o Halloween também tem um lado muito ruim. A festa é usada para celebrar o mal e a morte. Muitas pessoas aproveitam a data para se envolver em bruxaria e práticas ocultas, que são perigosas. A Bíblia nos avisa a ficar longe do mal, não celebrá-lo (1 Tessalonicenses 5:22).

Veja também: o que a Bíblia diz sobre bruxaria?

É importante lembrar que a morte e o mal existem, mas não os devemos glorificar. Essas coisas nos devem levar a refletir em Jesus, que venceu a morte e o mal. No Halloween devemos lembrar que a luz de Jesus destrói a escuridão do pecado e nos liberta do poder da morte (João 1:4-5).