O Senhor é o meu pastor – o que significa o Salmo 23?

O Salmo 23 é um salmo de confiança no cuidado e na provisão de Deus. Nesse salmo, Deus é comparado com um pastor amoroso, que protege suas ovelhas. Deus abençoa e guarda aqueles que O amam.

O Salmo 23 foi escrito por Davi que, antes de ser guerreiro e rei, foi pastor de ovelhas. Como pastor, Davi levava suas ovelhas para boas pastagens e até enfrentou animais selvagens ferozes para as proteger (1 Samuel 17:34-35). Ele entendia a importância do pastor para a ovelha. No Salmo 23, Davi se imagina como uma ovelha com um bom pastor – Deus.

O Senhor é o meu pastor, nada me faltará

Deus é nosso pastor. Ele nos dá a vida e cuida de nossas necessidades. Assim como o pastor leva as ovelhas a pastagens e água, Deus nos ajuda a encontrar aquilo que precisamos para viver (Salmos 23:1-3). Ele nos dá descanso e paz em meio às incertezas da vida.

Jesus disse que ele é o bom pastor, que dá sua vida pelas ovelhas (João 10:14-15). Ele nos protege dos perigos, como o pecado e a destruição. Por isso, não precisamos ter medo. Com Jesus do nosso lado, estamos seguros.

A vara e o cajado eram os instrumentos do pastor para guiar, corrigir e proteger as ovelhas. Deus é como um pastor com um cajado: Ele nos ajuda a encontrar o caminho certo, corrige nossos erros e nos protege dos ataques do inimigo (Salmos 23:4).

Veja também a história de Davi.

Preparas um banquete para mim

Na segunda parte do Salmo 23, Davi compara Deus com uma pessoa generosa que abre sua casa para nos receber (Salmos 23:5). Ele prepara um banquete para Seus filhos e nos dá o melhor que Ele tem!

Nossos verdadeiros inimigos são espirituais. Eles querem nos destruir e impedir de vivermos na presença de Deus (João 10:10). No entanto, Deus é mais forte e Ele abençoa os salvos, como um Pai que prepara um banquete para os filhos, lhes dá perfume e enche seus copos até transbordar! Deus é generoso conosco e nos oferece muitas bênçãos espirituais.

Como um bom Pai, Deus nos acompanha ao longo da vida e é sempre fiel. Ele nos recebe de braços abertos e nos oferece refúgio e descanso na Sua presença (Salmos 23:6). Temos sempre lugar na casa de nosso Pai!