Quem foi Abraão na Bíblia?

Abraão, segundo a Bíblia, foi o primeiro patriarca do povo de Israel, que recebeu a promessa que Deus iria abençoar todos os povos por meio dele. Abraão foi o antepassado de todo o povo judeu e de Jesus, o salvador do mundo. Todos os que têm fé em Jesus também são considerados descendentes de Abraão (Romanos 4:16).

Jornada de Abraão

Significado do nome

O significado do nome Abraão quer dizer “pai de uma multidão, pai exaltado” e o significado de Abrão quer dizer “pai das alturas”. Interessante perceber é que, com a mudança de nome de Abrão para Abraão, uma das diferenças é que traz a conotação de um maior destaque à ideia de exaltação.

Sua Família

Terá foi o pai de Abraão e eles eram naturais de cidade de Ur, dos Caldeus, que ficava na região da Mesopotâmia (atual Iraque e Kuwait). Quando o irmão de Abraão faleceu, a família decidiu sair de Ur e ir para Canaã. Habitaram em Harã (Gênesis 11:31). Um detalhe curioso é que, tanto em Ur como Harã, tratava-se de cidades pagãs e adoração a deuses.

Sai da tua terra

Deus falou com Abraão claramente, quando este ainda vivia em Ur, dizendo:

“Então o Senhor disse a Abrão: "Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei. Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção. Abençoarei os que o abençoarem, e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem; e por meio de você todos os povos da terra serão abençoados” (Gênesis 12:1-3).

Deus prometeu que seus descendentes iriam ser um grande povo e herdariam a terra de Canaã. Então, Abraão partiu para Canaã com sua esposa Sara e seu sobrinho Ló, vivendo o resto de sua vida em tendas. Nessa altura, a idade de Abraão era de setenta e cinco anos. Durante este percurso, houve momentos de dificuldades e fome nas terras de Canaã e, por isso Abraão foi até ao Egito para morar ali por um período de tempo.

Entrando e saindo do Egito

Com medo de perder sua vida, Abraão ao chegar no Egito, disse que Sarai era sua irmã e não sua esposa (Gênesis 12:13), pois ela era muito bonita e, então os oficiais egípcios se encantaram com ela e logo foram levados ao Faraó. Por causa da beleza de Sarai, foram tratados muito bem, mas Deus castigou o Faraó e a todos da sua família assim como oficiais egípcios com doenças horríveis (Gênesis 12:16-17).

Veja também a história de Sara.

Com isso, o Faraó descobriu a verdade e ordenou que Abraão saísse do Egito imediatamente (Gênesis 12:17-20).
Ao sair do Egito, Abraão foi Neguebe. Tanto Abraão como Ló, seu sobrinho, eram muito ricos, mas a região onde eles estavam não comportava tudo que tinham; seus animais e servos, portanto, eles se separam. Ló foi morar nas planícies do Jordão, perto das cidades de Sodoma e Gomorra, enquanto que Abraão foi até outra planície chamada Manre, em Hebrom.

Jornada de Abraão

Ele era homem idoso quando Deus o chamou

Abraão tinha setenta e cinco anos quando Deus o chamou para deixar sua casa e sair do conforto! Tinha oitenta e seis anos quando teve seu primeiro filho, Ismael e tinha cem anos quando seu filho Isaque nasceu (Gênesis 12:21). Sem dúvida, Abraão viveu uma história de fé! Experimentou o agir de Deus em sua vida!

Um filho para Abraão

Embora fosse muito próspero, Abraão estava triste porque não tinha nenhum filho e ele e Sara já eram idosos. Deus prometeu que ele teria muitos descendentes. Em vez de esperar, Abraão tomou a escrava de Sara, Hagar, como concubina e ela teve um filho chamado Ismael. Os descendentes de Ismael se tornaram um grande povo mas não eram os herdeiros da promessa de Deus.

Descubra aqui: quem foi Ismael?

Deus voltou a prometer a Abraão que ele teria um filho com Sara e fez uma aliança com ele e sua família. Abraão creu em Deus e dedicou sua família a Ele. Quando Abraão tinha 100 anos, Sara teve Isaque. Alguns anos depois, Deus colocou Abraão à prova. Ele o mandou matar Isaque como sacrifício. Abraão decidiu obedecer a Deus, porque acreditava que Ele tinha poder para ressuscitar Isaque para cumprir Sua promessa. No último momento, Deus impediu Abraão de sacrificar Isaque e o abençoou por causa de sua fé e dedicação (Gênesis 22:15-18).

Leia aqui: quem foi Isaque na Bíblia?

Pai da fé

Abraão creu em Deus, mesmo contra circunstâncias impossíveis. Sua fé lhe valeu como justiça; ele foi salvo pela fé. Sua família foi abençoada por Deus e, muito tempo depois, um de seus descendentes, Jesus, cumpriu a promessa e abençoou o mundo inteiro, morrendo e ressuscitando por nossos pecados.

Veja aqui as 3 promessas de Deus a Abraão.

A Bíblia explica que todos que crêem em Jesus se tornam parte da verdadeira família de Abraão. As bênçãos que Deus prometeu a Abraão são para nós também, por meio da fé (Gálatas 3:6-7). A vida de Abraão é bom bom exemplo de como podemos confiar em Deus em todas as circunstâncias.