Quem foi Jacó?

Jacó foi o filho de Isaque e neto de Abraão. Os 12 filhos de Jacó foram os patriarcas das 12 tribos de Israel. Jacó significa “ele agarra o calcanhar”, ou “traiçoeiro”.

Jacó fez muitas coisas erradas mas ele se consertou com Deus. Sua vida é um exemplo da graça e do perdão de Deus.

Veja também: quem foi Abraão na Bíblia?

Jacó e Esaú

Jacó tinha um gêmeo chamado Esaú, que era o filho favorito de Isaque. Mas Jacó era o favorito de Rebeca. Quando nasceram, Esaú saiu primeiro mas com Jacó agarrando seu calcanhar (Gênesis 25:24-26).

Quando Isaque estava velho e cego, ele chamou Esaú para o abençoar. Quando Esaú saiu para caçar e preparar uma refeição para seu pai, Rebeca chamou Jacó para tomar a benção, enganando Isaque. Jacó se vestiu como Esaú e Isaque, enganado, lhe deu a bênção de Esaú.

Descubra aqui: quem foi Rebeca na Bíblia?

Quando Esaú voltou e descobriu, ficou furioso com Jacó e quis matá-lo (Gênesis 27:41). A bênção de filho mais velho era muito importante naquele tempo. Esaú tinha perdido sua herança. Então Jacó fugiu para a terra de seu tio Labão. No caminho, Jacó teve um sonho e fez uma aliança com Deus.

A família de Jacó

Jacó se apaixonou por Raquel, filha de Labão, e trabalhou sete anos para casar com ela. Mas na noite do casamento, Labão o enganou e lhe deu Lia, irmã mais velha de Raquel. Quando descobriu, Jacó ficou zangado mas concordou em casar com Raquel na semana seguinte, em troca de mais sete anos de trabalho (Gênesis 29:28-30).

Lia teve seis filhos. Raquel era estéril e ficou com inveja. Então ela deu sua serva Bila a Jacó como concubina (esposa secundária) e Bila teve dois filhos. Lia, por rivalidade, deu sua serva Zilpa a Jacó e Zilpa teve mais dois filhos. Por fim, Raquel teve um filho chamado José.

Depois que pagou o dote por Raquel e Lia, Jacó ficou trabalhando por Labão e ficou muito rico. Labão e seus filhos ficaram com inveja e Jacó se sentiu ameaçado (Gênesis 31:1-3). Então Jacó pegou em sua família e seus bens e fugiu. Labão foi atrás dele mas Deus o avisou a não lutar com Jacó. Labão e Jacó fizeram um acordo de paz e Jacó voltou para a terra de seu pai.

Veja aqui: os 5 encontros com Deus que marcaram a vida de Jacó.

Dois grandes encontros

Esaú foi ao encontro de Jacó com 400 homens. Jacó ficou com medo, enviou muitos presentes a seu irmão e passou uma noite sozinho. Durante a noite um homem veio e lutou com ele. Na luta o homem lhe deslocou a coxa mas Jacó não o deixou ir sem receber uma bênção. O homem o abençoou e mudou seu nome de Jacó para Israel, porque tinha lutado com Deus e com os homens e vencido (Gênesis 32:27-28).

No dia seguinte, Jacó se encontrou com Esaú, que ficou feliz por vê-lo de novo. Mesmo assim, Jacó teve medo de morar junto do irmão e foi morar em terras vizinhas. Jacó se dedicou totalmente a Deus e levou sua família a adorar somente a Deus, acabando com a idolatria (Gênesis 35:2-3).

Leia também: qual é o significado de Israel?

Os últimos anos de Jacó

José era o filho favorito de Jacó e provocou a inveja de seus irmãos, que o venderam como escravo e disseram que tinha morrido. Jacó ficou muito triste por perder José. Raquel teve mais um filho, chamado Benjamim, mas ela morreu depois do parto. Vários anos depois, quando Jacó descobriu que José ainda estava vivo, ele e toda a família se mudaram para o Egito (Gênesis 45:26-28). Jacó morreu no Egito mas foi sepultado no túmulo de Abraão e Isaque.