Quem foi Oséias?

Oséias foi um profeta que chamou o povo de Israel ao arrependimento. Deus usou a vida pessoal de Oséias como um símbolo de Sua relação com Israel. Tudo que sabemos sobre o profeta Oséias vem do livro de Oséias.

Pouco se sabe sobre o profeta Oséias. Ele era filho de um homem chamado Beeri e viveu no tempo em que Israel estava dividido em dois reinos: Judá, a sul, e Israel, a norte. Oséias pregou principalmente para o povo do reino do norte, durante o reinado de Jeroboão II (Oséias 1:1).

A família de Oséias

No início de seu ministério, Deus mandou Oséias se casar com uma mulher infiel. Então ele casou com uma mulher chamada Gômer. Seu casamento iria representar o relacionamento entre Deus e o povo de Israel, que O traía com sua idolatria (Oséias 1:2-3).

Quando o primeiro filho de Oséias nasceu, Deus disse que seu nome seria Jezreel. Jeú, antepassado de Jeroboão II, tinha massacrado muitas pessoas em um lugar chamado Jezreel para se tornar rei de Israel. Ele e seus descendentes também rejeitaram a Deus. Por isso, Deus prometeu acabar com a linhagem de Jeú e trazer uma grande catástrofe sobre Israel em Jezreel (Oséias 1:4-5).

Depois, Gômer teve uma menina, que Deus mandou chamar de Lo-Ruama, que significa “não amada”. Com isso, Deus anunciou que iria parar de tratar a nação de Israel com amor, perdoando seus pecados, porque as pessoas não estavam arrependidas (Oséias 1:6-7).

Gômer teve ainda outro filho, que Deus chamou de Lo-Ami, que significa “não meu povo”. O povo de Israel tinha O rejeitado como seu Deus, por isso Deus iria rejeitá-los como Seu povo (Oséias 1:8-9). Mas depois do castigo, Deus prometeu restaurar Seu povo e mostrar-lhes amor novamente.

Mais tarde, Oséias e Gômer ficaram separados, porque ela estava adulterando. Mas Deus disse para Oséias se reconciliar com ela, tratando-a com amor. Por essa altura, Gômer estava trabalhando como escrava e/ou prostituta. Por isso, Oséias comprou sua esposa de volta (Oséias 3:2-3). Oséias estava pronto para perdoar Gômer e retomar seu relacionamento, se ela agora fosse fiel a ele!

Veja também: segundo a Bíblia o que é prostituição?

A mensagem de Oséias

Assim como Gômer tinha sido infiel a Oséias, o povo de Israel tinha traído a Deus. Eles deveriam adorar somente a Deus mas tinham se afastado dele para adorar muitos deuses falsos. Israel estava se prostituindo espiritualmente. E essa idolatria também estava levando à degradação moral. O povo estava cometendo muitos pecados terríveis, por que não respeitava a Lei de Deus (Oséias 4:1-2).

No tempo do rei Jeroboão II, Israel estava vivendo uma época de prosperidade. Através de Oséias, Deus avisou que essa tranquilidade não iria durar muito. Como a nação não se arrependia, Deus iria se afastar dela e deixar que ela sofresse castigo. Seus “amantes” (os povos pagãos e os deuses falsos) iriam e escravizar e abandoná-la. A nação iria sofrer muito por causa de seu pecado ([[Oséias 8:8-10])).

Descubra aqui: o que a Bíblia diz sobre profecia?

No entanto, chegaria uma hora em que Deus iria oferecer perdão. Ele iria restaurar seu povo e abençoá-lo (Oséias 14:4-6). As pessoas iriam se arrepender de seus pecados e se voltar de verdade para Deus. Em vez de guardar rancor, Deus iria deixar o passado para trás, porque Ele nos ama, assim como Oséias amava sua mulher.