Quem foi o rei Belsazar?

Belsazar foi o último rei da Babilônia, antes de sua conquista pelos persas. O profeta Daniel condenou Belsazar por sua idolatria e irreverência para com Deus.

Belsazar foi um dos sucessores do rei Nabucodonosor, que tinha destruído Jerusalém e deportado os judeus. Outras fontes históricas revelam que Belsazar reinou durante vários anos como co-regente com seu pai (os dois reinaram ao mesmo tempo, como uma equipe). Ele nunca chegou a ser rei sozinho. Por isso, ele era o segundo no comando do reino mas exercia todas as funções de rei, enquanto seu pai estava fora, lutando em guerras.

O banquete de Belsazar

Um dia, Belsazar reuniu muitos nobres e deu uma grande festa na cidade de Babilônia. Quando estava bem embriagado, ele se lembrou que Nabucodonosor tinha levado várias taças de ouro do templo em Jerusalém, quando o destruiu. Belsazar mandou trazer essas taças para ele, os nobres, suas mulheres e concubinas beberem nelas. A festa se degenerou e todos adoravam seus deuses falsos (Daniel 5:3-4).

Essa afronta a Deus não passou despercebida. Durante a festa, apareceu uma mão humana do nada, que escreveu algumas palavras na parede (Daniel 5:5-6). Quando viu isso, o rei Belsazar ficou com tanto medo que seus joelhos batiam um no outro!

Belsazar mandou chamar logo todos os sábios e prometeu tornar a pessoa que lesse a inscrição no terceiro no comando do reino (Daniel 5:7). No entanto, ninguém conseguia ler o que estava escrito. Isso deixou o rei ainda mais assustado.

Leia aqui a história do profeta Daniel.

Belsazar e Daniel

A rainha então veio e contou a Belsazar sobre o profeta Daniel, que tinha interpretado alguns sonhos de Nabucodonosor e que tinha grande sabedoria (Daniel 5:11-12). Ele chamou Daniel e pediu que lesse e interpretasse a inscrição. Daniel não queria nenhuma recompensa mas ele deu a interpretação.

Daniel explicou que as palavras que estavam escritas na parede eram:

  • Mene Mene – mene significa “contado”; os dias do reinado de Belsazar estavam contados
  • Tequel – significa “pesado”; Balsazar tinha sido pesado na balança e achado em falta
  • Parsim – significa “dividido”; o reino de Belsazar seria dividido entre outros povos (os medos e os persas)

Daniel também repreendeu Belsazar por sua arrogância e falta de respeito para com Deus (Daniel 5:22-23). Belsazar conhecia a história de seu predecessor, Nabucodonosor, a quem Deus tinha humilhado por sua arrogância. Apesar disso, Belsazar não deixou de fazer coisas erradas e repugnantes diante de Deus. Agora, Belsazar iria sofrer as consequências.

Veja também a história do rei Nabucodonosor.

Quando Belsazar ouviu a interpretação, ele fez o que tinha prometido e colocou Daniel como o terceiro no governo do reino. Mas, nessa noite, a Babilônia foi tomada pelos medos e os persas (Daniel 5:29-31). O império babilônico chegou ao fim e Belsazar foi morto.