O que Deus diz na Bíblia sobre a mentira?

Não existem dúvidas que Deus odeia a mentira.

Vemos na Bíblia que quando Deus criou o mundo, a serpente usou a mentira para enganar Eva e convencê-la a comer o fruto proibido. Assim, a mentira foi o instrumento usado pelo diabo para causar a separação entre o ser humano e Deus.

A mentira tem um grande potencial de destruição e por esse motivo, em várias ocasiões a Bíblia menciona que Deus é contra a mentira e ordena o seu povo a não mentir (Levítico 19:11).

Outra prova que Deus abomina a mentira é um dos 10 mandamentos: "Não darás falso testemunho contra o teu próximo". A mentira é algo que destrói os relacionamentos: tanto das pessoas com Deus como entre pessoas.

Jesus também falou algumas vezes sobre a mentira. Em João 14:6, Ele se descreve como "o caminho, a verdade e a vida". Assim, não é por acaso que o diabo é descrito na Bíblia como o "pai da mentira" (João 8:44).

Veja também: o que a Bíblia diz sobre honestidade?

O castigo para os mentirosos

Deus é santo, ou seja, n'Ele não há vestígio de pecado e iniquidade. Por esse motivo, Ele não tolera a mentira.

Em Provérbios 6:16-19 vemos uma lista de seis coisas que o Senhor odeia, sendo que uma delas é uma "língua mentirosa". A Bíblia também fala de castigos para os mentirosos que não se arrependem, como é possível verificar em Apocalipse 21:8.

É importante referir que Jesus - que é a verdade - veio para destruir as obras e as mentiras do inimigo. Deus odeia o pecado (neste caso a mentira), mas ama o pecador e por isso enviou o Seu Filho Jesus para nos mostrar a verdade e nos libertar (João 8:32).