O que significa a oração do Pai Nosso?

Fernando Heise
Revisão por Fernando Heise
fernando

A oração do Pai Nosso é um modelo que Jesus nos deu de como orar. A oração feita segundo o modelo do Pai Nosso é agradável a Deus. A oração do Pai Nosso está em Mateus 6:9-13.

É bom conhecer a oração do Pai Nosso, mas não devemos usá-lo como uma fórmula mágica. Repetir muito o Pai Nosso sem entender seu significado nem aplicá-lo à sua vida não vai ajudar (Mateus 6:7-8). Podemos dizer o Pai Nosso com convicção ou usar seu modelo para fazer nossas próprias orações.

Veja a passagem completa do Pai Nosso para ler abaixo:

Oração do Pai Nosso

9. Vocês, orem assim: ‘Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome.

10. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.

11. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia.

12. Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores.

13. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém’.

Mateus 6:9-13 NVI

Imagem Pai Nosso

Podemos separar a passagem do Pai Nosso em dois momentos. No primeiro momento, observamos três pedidos ao Senhor: a Ele mesmo, ao Seu Reino e à Sua vontade. No segundo momento, observamos que os pedidos são colocados no coletivo, ou seja, “nós” e não no singular, “eu”. A ideia de ser crente em Jesus é estar e viver em comunidade e, nesta oração lemos palavras importantes como alimento, perdão e vencer sobre a tentação. Ninguém consegue ser cristão sozinho.

Logo, o propósito principal do Pai Nosso é que seja um modelo base de oração. Ao longo do tempo, a tradição, levou o Pai Nosso a uma reza, algo apenas para se repetir várias vezes. Jesus deixou este modelo para nos ensinar que devemos perceber o Deus soberano em todas as esferas da sociedade e da vida pessoal.

Veja aqui: Orar, para quê?

Pai nosso católico e Pai Nosso evangélico

A reza tem por prática recitar algo, repetir, algo decorado. Na igreja católica, o costume não é ler ou rezar o Pai Nosso inteiro. O versículo 13 (porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém), de Mateus 6, fica de fora. Este verso não é falado. A ideia da repetição e decorar o texto aplica-se no contexto do que chamamos pai nosso católico, pois, habitualmente, é algo recitado.

A oração tem o significado de falar algo, dizer, suplicar. Assim, a conotação de oração é uma conversa, uma diálogo. Quando oramos falamos com Deus de uma maneira natural, aquilo que está na alma. Não se decora ou recita algo. O Pai nosso evangélico difere, basicamente, na ideia de ser um modelo de oração ensinada por Jesus. Foi um exemplo de oração e não uma regra a ser cumprida.

Logo, o que distingue a tradição do “pai nosso católico” do “pai nosso evangélico” está no fato da diferença da reza e da oração, mas também pela última parte que os evangélicos citam “porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém.” enquanto que os católicos citam até “E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.”

Curioso é que, esta última parte não aparece nas versões católicas da Bíblia. Por exemplo, a Bíblia de Jerusalém faz uma nota de rodapé e, nas versões evangélicas da Bíblia aparece entre parêntesis, por exemplo, a Nova Tradução da Linguagem de Hoje (NTLH).

Alguns estudiosos dizem que, tanto as notas informativas nas versões católicas como os parênteses nas versões evangélicas tem o mesmo motivo: terá sido feito uma adição ao texto, provavelmente ainda no século I.

Veja aqui mais sobre: Como Orar

“Pai nosso, que estás nos céus”

Essa oração é conhecida como Pai Nosso por causa das primeiras duas palavras. Deus não é alguém distante e assustador. Devemos nos dirigir em oração exclusivamente a Ele, pois Deus é nosso Pai carinhoso, que quer nos abençoar porque nos ama.
Deus não é uma criatura da terra, Ele mora no céu, na eternidade. Essa introdução indica a quem devemos orar e nos ajuda a entender quem Deus é.

“Santificado seja o teu nome”

Deus é Santo e é importante reconhecer sua santidade. Santificar o nome de Deus significa ter respeito pelo Senhor. Devemos mostrar respeito pela santidade de Deus e procurar viver uma vida santa. Precisamos orar com respeito, pois Ele merece todo nosso louvor, adoração e glória.

“Venha o teu reino”

O Reino de Deus tem seus preceitos estabelecidos pelo Rei. Jesus nos ensina a sermos cidadãos que praticam esses preceitos enquanto vivermos. Nossa grande esperança é que Jesus voltará e todo o mal será destruído. Nesse dia teremos vida eterna. Devemos sempre lembrar dessa esperança e orar para que venha logo (2 Pedro 3:11-12).

“Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu”

Nossa oração não deve ser para que Deus faça nossa vontade, mas que nós façamos a vontade de Deus. Assim reconhecemos Sua autoridade. Quando nós decidimos servir ao Senhor, a vontade Dele se torna nossa vontade e, assim orarmos pelas coisas certas.

“Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia”

Nosso sustento depende de Deus. Ele nos dá tudo o que precisamos para viver: comida, dinheiro, emprego. Quando precisamos de ajuda, podemos pedir a Deus e confiar que Ele vai suprir nossas necessidades, porque Ele nos ama. Assim, reconhecemos que tudo vem do Senhor e somente Ele pode nos dar o pão diário.

“Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores”

Perdoar é muito importante. Quem não perdoa outras pessoas ainda não entendeu o perdão de Deus, que traz salvação. É bom tirar um tempo em oração para perdoar quem nos ofendeu e pedir perdão a Deus por nossos pecados.

“E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal”

Todos sofremos tentação para pecar, mas Deus nos ajuda a resistir (1 Coríntios 10:13). É importante pedir força a Deus para lutar contra a tentação. O Maligno não poderá vencer quem confia em Deus.

“Porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém”

Esta última parte da oração do Pai Nosso termina em glória, grandeza e poder do Senhor. Tudo pertence a Deus. Quando oramos podemos deixar tudo nas mãos do Senhor, confiando que Ele vai agir para nosso bem. Não precisamos ter medo nem ficar ansiosos. Deus tem todo o poder e só Ele merece nosso louvor.

Que este texto do Pai Nosso seja realmente uma oração feita ao Senhor com nossa alma entregue a Ele, isto é, falemos do nosso coração para o nosso Pai. Estejamos em comunhão diária com Ele. Tudo vem Dele, é para Ele e são Dele são todas as coisas.

Leia também: Como falar com Deus

Fernando Heise
Revisão por Fernando Heise
fernando