Qual é o significado da parábola do filho pródigo?

A parábola do filho pródigo mostra como Deus nos ama, apesar de nossos erros. Deus está sempre pronto a perdoar quem se arrepende e fica feliz quando Seus filhos voltam para Ele.

Uma parábola é uma pequena história que ajuda a entender uma verdade complexa. Jesus contou a parábola do filho pródigo para explicar o relacionamento de Deus com o pecador.

A história do filho pródigo

A parábola do filho pródigo conta sobre um homem que tinha dois filhos. Um dia o filho mais novo pediu sua parte da herança e foi embora para “curtir a vida”. O jovem gastou tudo em seus prazeres e acabou na pobreza. Depois houve uma fome no lugar onde ele estava e o único emprego que ele conseguiu para sobreviver foi a cuidar de porcos, que eram animais considerados impuros pelos judeus (Lucas 15:14-16).

O jovem ficou com tanta fome que até ficou com vontade de comer a comida dos porcos! Então ele se lembrou da casa de seu pai, onde até os servos comiam bem. Ele se arrependeu e decidiu voltar para casa, pedir perdão a seu pai e pedir um emprego como um servo (Lucas 15:17-19).

Veja aqui o que a Bíblia diz sobre o arrependimento.

Quando o pai viu seu filho chegando de longe, ele correu ao seu encontro e o recebeu com alegria. O filho pediu perdão e tentou pedir um emprego mas o pai o interrompeu, chamando os servos para trazer roupa nova para o filho e preparar uma festa (Lucas 15:22-24). O pai não estava zangado nem desiludido; ele estava feliz porque seu filho tinha voltado em segurança!

Quando o filho mais velho chegou do trabalho, a festa já tinha começado. Ele ouviu que seu irmão mais novo tinha voltado e, em vez de se alegrar, ele ficou zangado! Seu pai veio falar com ele e o filho explicou que ele sempre trabalhou e fez tudo para agradar seu pai sem receber nada em troca. Agora ele se sentia injustiçado porque seu pai tinha feito uma festa por seu irmão irresponsável, somente porque tinha voltado para casa (Lucas 15:29-30).

O pai explicou que tudo que ele tinha pertencia ao filho mais velho. Mas a celebração era importante porque antes era como se o filho mais novo estivesse morto e agora tinha voltado à vida! O pai não estava celebrando os erros do filho mas sim sua mudança de vida (Lucas 15:31-32).

Veja também: por que Jesus falava por parábolas?

O significado da parábola

Deus é nosso pai. Quando pecamos, somos como o filho pródigo, abandonando nosso pai para desperdiçar nossa vida. O pecado destrói a vida e acaba com as bênçãos que Deus nos dá. O filho pródigo voltando para casa representa quem se arrepende de seus pecados, pedindo perdão a Deus.

Deus fica muito feliz em perdoar quem se arrepende. Ele acolhe com amor e carinho, sem guardar rancor. Sempre que alguém se arrepende, Deus faz uma festa! Ele restaura e transforma, dando uma segunda oportunidade.

Descubra aqui: como posso saber se Deus me perdoou?

Também podemos ser como o irmão mais velho. Quando somos obedientes a Deus não podemos nos esquecer de Seu amor incondicional. Deus não nos ama por causa das coisas que fazemos por Ele. Deus nos ama porque somos Seus filhos!

Como é fácil nos sentirmos “injustiçados” (com inveja) quando outra pessoa “menos digna” é abençoada por Deus! Mas o arrependimento deveria ser motivo de grande alegria para todos nós. Quando largamos a inveja, vemos que Deus também nos dá muitas bênçãos que podemos aproveitar. Não temos motivo para sentir inveja.