Qual é o significado da parábola do juiz iníquo?

A parábola do juiz iníquo nos ensina sobre a importância de orar com fé e sem desistir. Se até uma pessoa ruim atende o pedido de alguém que não para de o importunar, quanto mais Deus irá responder a nossas orações! 

Uma parábola é uma pequena história inventada para explicar uma verdade complexa. Jesus contou a parábola do juiz iníquo para explicar por que nossas orações têm valor e são ouvidas por Deus (Lucas 18:1). Essa parábola também é conhecida como a parábola da viúva persistente.

Descubra aqui mais sobre as parábolas de Jesus.

A parábola do juiz iníquo

Iníquo significa ruim. Na parábola, havia um homem ruim, que não tinha respeito por Deus nem pelas pessoas. Ele era juiz mas não estava interessado em fazer justiça. Na sua cidade também havia uma viúva, que vinha constantemente pedir justiça contra seu adversário (Lucas 18:2-3). Seus pedidos constantes irritavam o juiz.

Naquela época, ser viúva era estar em uma posição muito precária. As mulheres tinham poucos direitos e muitas vezes não eram levadas a sério, especialmente em tribunais. Já de idade e sem marido para a defender, uma viúva corria o perigo de sofrer muitas injustiças e cair na miséria. A Lei de Deus tinha instruções muito claras aos juízes, para fazerem justiça para os mais necessitados, incluindo as viúvas (Deuteronômio 27:19).

O juiz iníquo não estava interessado em obedecer a Deus e ignorou as súplicas da viúva por algum tempo. Ele não queria saber. Mas a viúva não desistiu e continuou a vir e pedir justiça. Por fim, chegou uma hora em que o juiz ficou farto da senhora e fez-lhe justiça, só para se livrar dela! Ele não temia a Deus nem era dedicado à justiça mas não aguentava mais ouvir os pedidos da viúva, dia após dia (Lucas 18:4-5).

Veja aqui mais sobre o significado de iniquidade.

O significado da parábola

Ao contrário do juiz iníquo, Deus é justo. Ele é nosso juiz e Ele ouve quando oramos. Se até uma pessoa ruim faz justiça quando é muito importunado, quanto mais Deus irá atender as orações de quem clama a Ele dia e noite!

Jesus disse que Deus vai fazer justiça, e depressa (Lucas 18:6-8). Ele não ignora nossas orações. Mas nós precisamos ter e não desistir. O tempo de Deus é diferente do nosso mas Ele não falha. Na hora certa, Ele vai fazer justiça e restaurar todas as coisas.