Quais foram as 10 pragas do Egito? Quais seus significados?

As dez pragas do Egito foram dez calamidades que Deus trouxe sobre os egípcios, porque o faraó se recusou a libertar os escravos hebreus. Somente depois da décima praga os hebreus foram libertados. Essas foram as dez pragas:

1. Sangue

Quando Moisés e Arão pediram a libertação dos hebreus, o faraó rejeitou seu pedido. Então Deus tornou a água do rio Nilo em sangue. Ninguém conseguia beber a água do rio e todos os peixes morreram. Mas os magos do faraó também conseguiram transformar água em sangue e o faraó não libertou os hebreus (Êxodo 7:20-22).

Essa praga foi um grande golpe para o Egito. O rio Nilo representava a vida do país, porque todo seu sustento dependia dele. Os egípcios adoravam o rio mas agora se tinha tornado um lugar de morte. Deus mostrou que Ele é o único dono da vida.

Descubra aqui: por que Deus endureceu o coração do faraó?

2. Rãs

Deus mandou Arão estender sua vara sobre as águas do Egito e rãs subiram, cobrindo toda a terra (Êxodo 8:2-4). Mas os magos do faraó também conseguiram trazer sapos sobre a terra.

Para os egípcios, a rã era associada à deusa da fertilidade. As rãs apareciam mais na época de cheia do rio Nilo mas nunca tinham aparecido tantas rãs assim. Em vez de ser símbolo de bênção, Deus transformou a rã em um grande problema e novamente humilhou os deuses do Egito.

3. Piolhos

Deus mandou Arão ferir o pó com sua vara e surgiram piolhos (ou pulgas, ou outro bicho parecido) sobre as pessoas e os animais em toda a terra. Dessa vez, os magos não conseguiram fazer o mesmo e reconheceram a ação de Deus (Êxodo 8:18-19).

A Bíblia diz que os piolhos surgiram do pó. Por ordem de Deus, a própria terra se virou contra os egípcios! Deus mostrou que Ele é o dono de toda a terra.

Veja aqui: as pragas do Egito têm explicação científica?

4. Moscas

Deus enviou enxames de moscas sobre o Egito, que arruinaram a terra. Mas as moscas não entraram na região onde os hebreus moravam (Êxodo 8:21-23).

Moscas causam grande desconforto e transmitem muitas doenças. Deus atacou a saúde e o conforto dos egípcios mas poupou os hebreus. Deus mostrou que Ele cuida de quem O ama.

5. Morte dos rebanhos

Deus enviou uma praga que matou os rebanhos de cavalos, jumentos, camelos, bois e ovelhas dos egípcios em um só dia (Êxodo 9:2-4). O faraó investigou e descobriu que nenhum animal dos hebreus tinha morrido.

Os rebanhos eram a fonte principal de carne na dieta dos egípcios, além de bens essenciais, como leite, couro e lã. Alguns deuses egípcios importantes tinham caraterísticas de bois. Com essa praga, Deus atacou a economia do Egito.

6. Feridas

Deus mandou Moisés pegar um punhado de cinzas e espalhá-lo pelo ar. Quando Moisés fez isso, feridas purulentas surgiram nos homens e animais. Até os magos do faraó foram infetados (Êxodo 9:10-12).

Nenhum dos deuses da saúde ou da cura livrou os egípcios da doença. Deus mostrou que Ele tem poder sobre a saúde e a doença.

Veja também a história de Moisés na Bíblia.

7. Granizo

Moisés avisou o faraó que Deus iria mandar a pior tempestade de granizo de sempre sobre o Egito. Alguns dos conselheiros do faraó ouviram o aviso e abrigaram seus escravos e rebanhos antes da tempestade. Mas todos que ficaram no campo morreram com a força do granizo, junto com as plantas (Êxodo 9:24-26).

Com a tempestade de granizo, Deus humilhou os deuses egípcios da colheita e do clima. Até a natureza obedece a Deus!

8. Gafanhotos

Moisés avisou que Deus iria mandar gafanhotos sobre o Egito e os conselheiros do faraó lhe imploraram para libertar os hebreus, para não devastar mais a terra (Êxodo 10:7). Mas o faraó se irritou com Moisés e Arão e os expulsou de sua presença. Surgiram tantos gafanhotos que a terra se escureceu com eles. Toda a vegetação que restava foi destruída.

Deus destruiu todas as fontes de alimento no Egito. Os deuses que deveriam garantir o sustento falharam. Deus mostrou que Ele é quem dá sustento.

9. Trevas

Deus mandou Moisés estender a mão para o céu e trevas densas cobriram o Egito durante três dias. Ninguém podia ver nem fazer nada. Apenas os israelitas tinham luz (Êxodo 10:22-23).

Os faraós eram considerados descendentes do deus do sol. Esse foi um ataque direto ao faraó e todo seu poder. Durante três dias, o faraó esteve incapacitado pela falta de luz. Deus mostrou que Ele tem todo poder.

Leia aqui: como foi a travessia do Mar Vermelho?

10. Morte dos primogênitos

De noite, Deus passou pelo Egito e matou o primeiro filho de todas as famílias do Egito e as primeiras crias de todos os rebanhos (Êxodo 12:29-30). Somente os israelitas, que tinham colocado o sangue dos carneiros oferecidos a Deus nos batentes de suas portas, não sofreram perda.

A décima praga foi um ataque a todo o Egito e seu futuro. O primeiro filho era o herdeiro principal e o sinal da continuidade dos pais. Deus mostrou que Ele tem poder até sobre a vida e o futuro.

Descubra aqui mais: o que é o anjo da morte?

Depois que perdeu seu filho, o faraó finalmente libertou os hebreus, que deixaram o Egito, rumo à terra prometida.

As pragas que Deus enviou atacaram tudo que era precioso e sagrado para os egípcios. Por não obedecerem a Deus, Ele destruiu tudo em que confiavam. As pragas do Egito provaram que Deus tem poder sobre tudo e não existem outros deuses (Êxodo 9:15-16).

Algumas das pragas poderão ter explicação científica mas outras foram claramente sobrenaturais. Com ou sem o uso de fenômenos naturais, as pragas do Egito foram milagres, que aconteceram exatamente na hora certa quando Deus ordenou.