O que significa ter o coração quebrantado?

Ter o coração quebrantado significa reconhecer sua própria fraqueza. A pessoa que tem o coração quebrantado não depende mais de si própria mas sabe que precisa de ajuda para ser restaurada. A Bíblia diz que Deus salva e restaura quem tem o coração quebrantado.

Quebrantado significa partido, ou quebrado. Ter o coração quebrantado é se sentir partido por dentro, saber que algo não está bem em sua vida. Quando alguém tem o coração quebrantado, reconhece que é fraco e que precisa de ajuda no seu sofrimento. Suas próprias forças estão esgotadas e não pode depender mais de si próprio.

Existem várias coisas que podem deixar o coração quebrantado:

  • Sofrimento
  • Tristeza
  • Doença
  • Perseguição
  • Pecado

Todas essas situações nos deixam fracos e com pouca resistência. As dificuldades deixam o coração quebrantado porque são mais peso do que conseguimos aguentar. Nessas horas sabemos que precisamos de um salvador.

O consolo de Deus para o coração quebrantado

A Bíblia diz que Deus está perto de quem tem o coração quebrantado (Salmos 34:18). Ele não nos abandona na hora da fraqueza nem no sofrimento. Quando estamos na presença de Deus, não precisamos fingir que somos perfeitos e temos tudo em ordem. Podemos ser honestos e contar para Ele o que tem quebrantado nosso coração.

Deus sara o coração ferido (Salmos 147:3). Quando temos o coração quebrantado, entendemos que somos inteiramente dependentes de Deus. Estamos mais abertos à ação de Deus em nossa vida e colocamos toda nossa esperança nele. Todas as outras coisas em que antes confiamos falharam mas Deus nunca falha. O coração quebrantado se volta para Deus e recebe Sua restauração.

Na profecia de Isaías 61:1-3 Jesus é apresentado como o enviado de Deus que vem para cuidar de quem tem o coração quebrantado. Através de sua morte e ressurreição, Jesus nos deu acesso ao perdão, ao consolo e à restauração de Deus. Graças a Jesus, quando temos o coração quebrantado, podemos nos aproximar de Deus e Ele conserta o que está partido.

Veja também: como posso saber se Deus me perdoou?

O coração quebrantado de Davi

O rei Davi era um homem de Deus e passou por tempos em que seu coração estava quebrantado. Mas, apesar de se sentir fraco, Davi encontrou consolo e força em Deus.

Antes de se tornar rei de Israel, Davi viveu algum tempo como foragido, porque o rei Saul o queria matar. Certa vez, ele se escondeu entre os filisteus, que eram inimigos dos israelitas. Mas alguns filisteus o reconheceram como o guerreiro que tinha matado muitos de seus homens. Davi ficou com medo e, para escapar, fingiu ser louco e deixaram-no ir embora.

Essa situação claramente deixou Davi abalado e ele escreveu o Salmo 34 para agradecer a Deus pelo livramento. Nesse salmo ele reconheceu que Deus cuida de quem tem o coração quebrantado e se sente abatido (Salmos 34:17-18). Na sua tristeza e humilhação, Davi viu a mão de Deus agindo em sua vida.

Veja aqui: a história de Davi.

Mais tarde, quando já era rei, Davi cometeu um pecado muito sério: ele cometeu adultério com uma mulher chamada Bate-Seba e, para encobrir o que tinha feito, orquestrou a morte do marido dela. Deus enviou o profeta Natã para confrontar Davi com seu pecado e ele reconheceu que o que tinha feito era muito errado. Seu coração ficou quebrantado.

Davi sofreu as consequências de seu pecado mas foi perdoado por Deus, porque ele se arrependeu. Quando seu coração ficou quebrantado, ele reconheceu seus erros e se voltou de coração para Deus. Como resultado desse acontecimento, Davi escreveu o Salmo 51, explicando que ter um coração quebrantado e arrependido é melhor que qualquer aparência exterior de religiosidade (Salmos 51:16-17).