Quem foi Mateus na Bíblia?

Mateus foi um dos 12 apóstolos e provavelmente foi a pessoa que escreveu o evangelho de Mateus. Ele seguiu Jesus em seu ministério e foi escolhido para ser um de seus discípulos. A Bíblia não nos conta muito sobre a vida de Mateus, mas ele deixou um relato muito interessante da vida de Jesus.

Antes de se tornar discípulo de Jesus, Mateus era um publicano, um cobrador de impostos do império romano. Os judeus que trabalhavam como publicanos tinham uma má reputação entre seu povo, porque eram vistos como traidores que colaboravam com o opressor. Os publicanos também tinham fama de serem corruptos, cobrando muito para ficarem com o lucro.

Um dia, quando Jesus ainda estava no início de seu ministério, ele viu Mateus sentado na coletoria, fazendo seu trabalho. Ele chamou Mateus e disse-lhe para segui-lo. Então Mateus deixou tudo e seguiu Jesus! A partir daí, ele se tornou um discípulo de Jesus (Mateus 9:9).

Descubra aqui mais sobre os publicanos na Bíblia.

Mais tarde, quando Jesus escolheu 12 homens para serem seus apóstolos, Mateus foi um dos escolhidos (Mateus 10:2-4). Assim, ele recebeu treinamento especial de Jesus para ser um dos futuros líderes da Igreja. Ele seguiu Jesus ao longo de seu ministério e participou da fundação da Igreja, depois que Jesus subiu ao Céu.

A Bíblia não nos conta mais sobre a vida de Mateus, mas segundo uma antiga tradição ele morreu como mártir na África oriental.

Mateus ou Levi?

A história do chamado de Mateus é muito parecida com a história de um homem chamado Levi, relatada em Marcos 2:13-14 e Lucas 5:27-28. Nos três evangelhos, essa história aparece no mesmo lugar, depois da cura de um homem paralítico que tinha sido descido do telhado da casa de Pedro pelos seus amigos. Por isso, é bastante provável que Mateus e Levi eram a mesma pessoa.

Talvez Mateus tinha dois nomes: Mateus Levi. Ou então ele pode ter mudado de nome, ou ficado conhecido por outro nome. Se Mateus era Levi, o nome de seu pai era Alfeu.

Depois que decidiu seguir Jesus Levi (Mateus) convidou Jesus para comer na casa dele (Marcos 2:15-16). Alguns fariseus ficaram escandalizados, porque Jesus estava comendo com pessoas de má reputação, como cobradores de impostos. Mas Jesus lhes disse que ele tinha vindo para chamar pecadores ao arrependimento (Lucas 5:31-32).

Leia aqui mais sobre os 12 apóstolos e sua função na Bíblia.

O evangelho de Mateus

De acordo com a tradição, o evangelho de Mateus foi escrito pelo apóstolo Mateus. Como cobrador de impostos, Mateus teria de saber ler e escrever bem, para tomar nota de todas as transações. Por isso, é possível que ele tivesse capacidade para escrever o evangelho de Mateus.

Veja aqui: o que são os evangelhos? Por que existem quatro?

Mateus é o primeiro dos quatro evangelhos e mostra como Jesus era o salvador prometido por Deus no Antigo Testamento. O evangelho faz muitas referências a profecias cumpridas por Jesus. Também relata muitos dos grandes ensinamentos de Jesus, incluindo o famoso Sermão da Montanha.

O evangelho de Mateus tem muito em comum com os evangelhos de Marcos e de Lucas mas também tem várias histórias e parábolas exclusivas, como:

  • O relato do sonho de José sobre o nascimento de Jesus - Mateus 1:18-21
  • O relato da visita dos magos e da fuga para o Egito - Mateus 2
  • A parábola do trigo e do joio - Mateus 13:24-30
  • A parábola do tesouro - Mateus 13:44-46
  • A parábola da rede com muitos peixes - Mateus 13:47-50
  • O milagre da moeda no peixe - Mateus 17:24-27