Como era o tabernáculo? Qual era seu significado?

O tabernáculo era uma tenda onde o povo de Israel se reunia para adorar a Deus. Seu propósito era permitir que as pessoas se aproximassem de Deus, porque o tabernáculo representava a presença de Deus.

Tabernáculo significa tenda. No monte Sinai, depois que tirou os israelitas do Egito, Deus deu a Moisés as indicações sobre como construir o tabernáculo. Esse seria um lugar sagrado, abençoado pela presença de Deus (Êxodo 25:8-9). Ali, os israelitas poderiam oferecer sacrifícios para o perdão dos pecados e adorar a Deus.

O formato do tabernáculo

O tabernáculo era uma tenda retangular muito grande, feita de várias camadas de cortinas apoiadas em colunas de madeira revestidas com metais preciosos. À volta da tenda havia um pátio retangular, delimitado por mais cortinas e colunas.

O povo ficava no pátio do tabernáculo, onde os sacerdotes ofereciam os sacrifícios no altar dos holocaustos e abençoavam o povo. Uma bacia de bronze com água ficava à entrada da tenda, para os sacerdotes se lavarem antes de entrarem (Êxodo 30:19-21).

Descubra aqui: o que era um sumo sacerdote?

Dentro da tenda havia um candelabro, que iluminava o local, e uma mesa, onde se colocavam 12 pães. Esse era o Lugar Santo, onde apenas os sacerdotes podiam entrar. No fundo da tenda havia uma parte separada por um grande véu, que era o Lugar Santíssimo (Êxodo 26:31-33). Ali ficava a Arca da Aliança, que era o grande símbolo da presença de Deus.

Do lado de fora, junto do véu, ficava o altar do incenso. Uma vez por ano, o sumo sacerdote entrava no Lugar Santíssimo para oferecer um sacrifício pelos pecados de todo o povo. Ninguém mais podia entrar nesse lugar tão sagrado.

Veja aqui mais sobre a Arca da Aliança.

O significado do tabernáculo

O tabernáculo representa como Deus se relaciona conosco.

Por causa do pecado, todos estamos separados da presença de Deus. O altar dos holocaustos, onde sacrifícios eram constantemente queimados, lembrava o povo do preço do pecado – a morte. Somente a morte de um sacrifício podia pagar pelo pecado. Os holocaustos também apontavam para o sacrifício de Jesus na cruz, que paga por todos os pecados e nos purifica (Hebreus 9:27-28).

Somente os sacerdotes podiam entrar no Lugar Santo do tabernáculo, se aproximando de Deus depois de se purificarem e com roupas especiais. Só podemos nos aproximar de Deus quando somos purificados dos pecados. A Bíblia diz que todos os que são salvos por Jesus são sacerdotes e podem entrar na presença de Deus, porque Jesus nos purificou (1 Pedro 2:9; Hebreus 10:21-22). Agora podemos participar das coisas sagradas, sem medo nem culpa.

O véu representava a separação entre Deus e os homens. Ninguém podia entrar na presença de Deus, exceto o sumo sacerdote (e esse com muitas precauções!). Mas agora Jesus é nosso sumo sacerdote, que entrou na presença de Deus para oferecer o sacrifício perfeito (Hebreus 9:11-12). Quando Jesus morreu, o véu se rasgou. Agora todos podemos entrar na presença de Deus, através de Jesus!

Veja também: o que é o Santo dos Santos?

Hoje em dia, não precisamos mais de um tabernáculo, porque esse era apenas um símbolo da realidade espiritual. Jesus cumpre todas as funções do tabernáculo dentro de nossos corações.