Quem era a mulher do fluxo de sangue?

A mulher do fluxo de sangue era uma judia do tempo de Jesus que sofria de hemorragia. A Bíblia não nos diz seu nome mas sua fé é um grande exemplo de vida. Por sua fé, a mulher foi curada de seu fluxo de sangue.

A história da mulher do fluxo de sangue

A mulher do fluxo de sangue sofria com hemorragia há 12 anos e tinha gastado tudo o que tinha com médicos, mas nenhum a conseguiu ajudar (Marcos 5:25-26). Quando ela viu que Jesus estava passando, a mulher foi atrás dele para receber a cura.

Havia uma grande multidão em volta de Jesus mas a mulher do fluxo de sangue conseguiu se aproximar dele e conseguiu tocar em sua roupa (Mateus 9:20-21). Ela tinha tanta fé em Jesus que acreditava que bastava um toque em sua roupa! E, no momento em que tocou na roupa de Jesus, a mulher foi curada do fluxo de sangue.

Jesus sentiu e perguntou quem tinha tocado em seu manto. Os discípulos ficaram confusos, porque muita gente estava tocando nele. Mas Jesus explicou que esse toque tinha sido diferente, porque saiu poder dele. A mulher, vendo que não podia se esconder, contou o que tinha feito e como tinha sido curada do fluxo de sangue. Jesus então a enviou em paz, porque sua fé a tinha salvado (Lucas 8:46-48).

Veja aqui mais sobre os milagres de Jesus.

O que podemos aprender com a mulher do fluxo de sangue?

A mulher do fluxo de sangue nos mostra o poder da fé e da coragem.

Para os judeus, uma hemorragia deixava a pessoa impura, até cessar (Levítico 15:25-27). Por isso, a mulher do fluxo de sangue teria sido considerada impura durante 12 anos, com contato muito limitado com outras pessoas e sem poder ir para o templo para adorar a Deus.

A mulher do fluxo de sangue procurou ajuda médica mas esse problema não podia ser curado com medicina. Ela sabia que precisava de um milagre. Quando ela ouviu de Jesus, ela creu no seu poder e procurou sua ajuda. Jesus curou a mulher do fluxo de sangue com um simples toque de sua roupa, porque ela tinha fé!

Veja também mais sobre a importância da fé.

Sair de casa doente, enfrentar a multidão e depois contar tudo em frente a tantas pessoas exigiu coragem. O que as pessoas iriam pensar? Como Jesus iria reagir? Ela não sabia mas decidiu arriscar tudo para receber a salvação que precisava. Por causa disso, ela foi abençoada por Jesus.