O que é a Quaresma? Cristãos devem fazer?

A Quaresma é um período de 40 dias de preparação para a Páscoa. O evangélico tem liberdade para escolher se quer participar da Quaresma ou não. Celebrar a Quaresma não é um mandamento da Bíblia.

Significado de Quaresma

O nome “Quaresma” vem do número 40 e acontece nos 40 dias antes da Páscoa (sem contar os domingos). A Quaresma começa na quarta-feira de cinzas, que é o dia depois do carnaval.

Durante a Quaresma, cristãos são convidados a se aproximarem mais de Deus e a endireitar suas vidas. Isso pode ser feito através da reflexão, da oração, do jejum e da ajuda a outras pessoas. É um tempo de arrependimento e disciplina, que prepara o coração para a alegria da festa da Páscoa, quando se celebra a ressurreição de Jesus.

Descubra aqui: o que é a Páscoa?

Evangélico pode participar da Quaresma?

Não há nada na Bíblia que obriga nem proíbe celebrar a Quaresma. As celebrações religiosas são uma questão de consciência individual (Romanos 14:5-6).

Para o evangélico, a Quaresma não tem o significado de pagar pelo pecados cometidos, como para o católico. Acreditamos que Jesus morreu para pagar por todos os nossos pecados e não precisamos fazer mais sacrifícios nem penitências. Mas a Quaresma pode ser um tempo de arrependimento e perdão, endireitando sua vida (Tiago 4:8-10).

Devemos nos dedicar a Deus todos os dias mas também podemos ter um tempo especial de maior dedicação. Jesus passou 40 dias no deserto sozinho com Deus antes de começar seu ministério (Marcos 1:12-13). Podemos ter um tempo de maior dedicação em qualquer altura que achamos melhor mas muita gente prefere fazer durante a Quaresma, em comunidade.

O crente pode celebrar a Quaresma de várias formas:

  • Passando mais tempo com Deus – você pode decidir orar um pouco mais, ou estudar mais a Bíblia - veja aqui: como estudar a Bíblia?
  • Fazendo jejum – você pode fazer alguns dias de jejum total ou fazer um jejum parcial mais prolongado - veja também: como fazer jejum e oração?
  • Se abstendo de algo que gosta – isso ajuda a criar mais tempo para estar com Deus e a se libertar da dependência
  • Ajudando outras pessoas – o amor de Deus se reflete em nosso amor por outras pessoas; é bom não pensar só em si próprio

Tudo isso serve para nos aproximar mais de Deus e nos ajudar a refletir na sua morte e ressurreição, que nos salvou. Sem isso, celebrar a Quaresma não tem valor apenas como tradição religiosa. O importante é a atitude interior e não as ações exteriores.