O que é a quarta-feira de cinzas? Qual é seu significado?

A quarta-feira de cinzas é uma celebração católica que marca o início da Quaresma. Acontece no dia depois do carnaval e serve para lembrar que as pessoas são mortais e precisam se arrepender. Outros grupos cristãos - ortodoxos e evangélicos - não celebram a quarta-feira de cinzas.

Imagem cruz feita com cinzas na testa

Na quarta-feira de cinzas, a Igreja Católica realiza uma missa especial para iniciar o período da Quaresma. Nessa missa, os católicos recebem uma marca em forma de cruz na testa, feita com cinzas. As cinzas usadas vêm de ramos abençoados e queimados no domingo de ramos do ano anterior. A pessoa que coloca a marca na testa do fiel diz “arrependa-se e creia no evangelho” ou “lembre-se que você é pó e ao pó voltará”.

E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho.
Marcos 1:15

No suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte à terra, pois dela você foi formado; porque você é pó, e ao pó voltará.
Gênesis 3:19

Durante a quarta-feira de cinzas, os católicos costumam fazer jejum, ou no mínimo abster-se de comer carne. Esse é um dia de penitência e o início de um período de maior dedicação, que dura 46 dias, até a Páscoa.

Descubra aqui: o que é a Quaresma? Cristãos devem fazer?

Qual é o significado da quarta-feira de cinzas?

A quarta-feira de cinzas serve para lembrar da importância do arrependimento e da dedicação a Deus.

As cinzas simbolizam a morte ou o luto. Assim como os ramos, que antes eram vivos, se tornaram cinzas, um dia iremos morrer e os nossos corpos irão se decompor em pó. Esse é o destino de todos os seres humanos. Nossa vida atual um dia vai ter um fim. Mas depois, o que acontecerá?

Na celebração da quarta-feira de cinzas, os católicos são convidados a refletir sobre sua mortalidade e a importância da salvação. Somente quem é salvo terá a vida eterna, ressuscitando no fim dos tempos. A morte não precisa ser o fim mas, para isso, é preciso arrependimento e fé em Jesus Cristo.

Diante da morte, as coisas desta vida se tornam insignificantes. A quarta-feira de cinzas serve para voltar a atenção para as coisas eternas, as coisas de Deus. Uma vida de comunhão com Deus e obediência aos seus mandamentos é muito mais proveitoso a longo prazo que uma vida voltada para coisas materiais e transitórias.

Veja também: o que Deus diz sobre o carnaval?

A quarta-feira de cinzas e a Bíblia

Celebrar a quarta-feira de cinzas não é um mandamento da Bíblia, mas pode ser uma oportunidade para lembrar algumas verdades bíblicas.

Devido ao pecado, todos estamos destinados a morrer (Romanos 6:23). Nosso tempo na terra é curto e a vida passa num instante. Por causa da morte, as coisas desse mundo são transitórias e não podemos colocar nossa confiança nelas, porque falham. Somos tão limitados e vulneráveis e precisamos constantemente lembrar disso, na quaresma bem como em outros períodos do ano.

É melhor ir a uma casa onde há luto do que a uma casa em festa, pois a morte é o destino de todos; os vivos devem levar isso a sério!
Eclesiastes 7:2

Enquanto vivermos, precisamos considerar o que a Bíblia diz sobre a vida, morte e as escolhas que temos que fazer. Se atentarmos para as palavras de Jesus Cristo, veremos que arrependimento e fé devem fazer parte da vida daqueles que querem viver uma vida mais próxima do Senhor.

Somente Jesus pode nos salvar da morte eterna. Ele morreu na cruz e ressuscitou para nos dar a vida eterna! Isto é, uma vida que continua mesmo depois que nossos corpos voltarem ao pó. Quando nos arrependemos de nossos pecados e cremos que Jesus é nosso Salvador, recebemos a promessa da vida eterna, a vitória sobre a morte (João 3:16). Só assim poderemos viver uma vida cheia de alegria com Jesus, durante todos os dias do ano. Assim, viveremos uma vida nova, dedicada a Deus, não ao pecado e à morte.

Imagem fundo homem sendo criado do pó, pela mão de Deus - Gênesis 3:19b

Muitas vezes perdemos o alvo eterno de vista, e concentramos mais nas coisas terrenas, que são passageiras. Por isso, é bom lembrar de vez em quando de nossa mortalidade. A perspetiva da morte nos ajuda a recordar que somente as coisas de Deus são eternas. Nossa vida somente faz sentido quando nos dedicamos a Deus. Podemos lembrar disso na quarta-feira de cinzas ou em qualquer outra época da vida.

Por outro lado, a quarta-feira de cinzas envolve a penitência, como tentativa de “pagar” pelos pecados. Isso não é possível nem necessário. Ninguém consegue pagar o preço por seus pecados. Foi por isso que Jesus veio ao mundo. Na cruz, ele pagou o preço total por todos os nossos pecados! No entanto, isso não significa que podemos continuar a pecar, sem medo nem vergonha, quando nos convertemos. Quando pecamos, devemos nos arrepender (decidir mudar de vida) e pedir perdão a Deus. Assim, Deus nos perdoa e ajuda a viver de maneira melhor (1 João 1:9).

Leia aqui: o que é arrependimento?