Pokémon é do diabo?

Não, Pokémon não é do diabo. Pokémon é apenas um jogo com um programa de televisão associado. Pokémon não é violento nem promove rituais satânicos. Cada crente tem liberdade para decidir se vai jogar ou assistir Pokémon.

O que é Pokémon?

Pokémon é um jogo onde as pessoas colecionam bichos chamados pokémons e os treinam para combater com os pokémons de outros jogadores. A série de televisão Pokémon segue as aventuras de um treinador chamado Ash e seu pokémon Pikachu. Ash e seus amigos encontram pokémons, os treinam para combater e protegem o mundo de treinadores maléficos.

Pokémon é uma junção das palavras “pocket monsters”, que significa “monstros de bolso”. Cada pokémon é um bicho inventado, com alguns poderes e talentos especiais para combater (garras, dentes, poder para atirar raios...). Muitos dos pokémons são baseados em animais reais, como o Pikachu, que é baseado em uma espécie de rato (o pika) mas lança raios elétricos.

Com o tempo, cada pokémon “evolui”. Quando treina e luta, o pokémon cresce e ganha novos poderes e novas capacidades. Essa “evolução” é como o amadurecimento de um animal da infância para a idade adulta.

Veja aqui: jogar Pokémon Go é pecado?

Pokémon tem elementos satânicos?

Não, Pokémon não tem nada claramente satânico. Alguns pokémons têm poderes mágicos estranhos mas são poucos. A grande maioria dos pokémons é inofensivo. Se há referências a práticas ocultas, são tão pequenas que a grande maioria das pessoas não nota nem é influenciada.

A série de televisão promove a amizade e a vitória do bem sobre o mal. Os treinadores cuidam de seus pokémons e os tratam com carinho. Pokémon também não promove violência. Os pokémons combatem mas não se matam nem causam ferimentos graves.

Crente pode jogar ou assistir Pokémon?

Não tem um mandamento na Bíblia que proíbe o crente de jogar ou assistir Pokémon. Cada crente deve decidir o que fazer de acordo com sua consciência (Romanos 14:22).

Veja também: um cristão pode jogar videogame?

Pessoas diferentes vão ter reações diferentes à mesma coisa. Para uma pessoa, Pokémon pode ser inofensivo mas para outra pode causar problemas. Se você se sente desconfortável com Pokémon, evite jogar ou assistir. Fique de bem com sua consciência. Quer você goste ou não de Pokémon, respeite a opinião de outras pessoas (Romanos 14:12-13).

Se você tem filhos, é bom acompanhá-los para ver que tipo de influência Pokémon tem sobre eles. Com acompanhamento, crianças podem aprender algumas lições boas do Pokémon. Se você ainda não é adulto, obedeça seus pais ([[Efésios mas explique sua opinião para eles.