Por que Deus escolheu Maria?

Por causa da graça de Deus. Os textos onde Maria é apresentada e que também falam do nascimento de Jesus Cristo não dizem o motivo da escolha.

Não sabemos muito sobre Maria, mas o pouco que diz a Bíblia é que era uma virgem, de Belém, da linhagem de Davi, noiva de José, tinha por parente Isabel (a esposa do sacerdote Zacarias e mãe de João Batista), teve outros filhos depois do nascimento de Jesus e seguiu-o em seu ministério.

O que diz o Antigo Testamento acerca de Maria?

O Antigo Testamento traz uma referência a quem viria a ser a mãe de Jesus. O Messias viria da linhagem de Davi, nasceria de uma virgem (Isaías 7:14), que seria de Belém (Miquéias 5:2). Com certeza havia muitas jovens virgens de boa reputação naquela época, que viviam em Belém. Mas Deus, escolheu-a, e Maria foi agraciada, ou seja, recebeu o privilégio de dar à luz ao salvador do mundo

Qual foi a atitude de Maria?

Maria tinha um coração humilde. Quando ela foi visitada pelo anjo, ficou perturbada com a saudação dele (Lucas 1:29) mas aceitou o seu papel. Ela louvou a Deus com um cântico, considerou-se uma serva, literalmente escrava (Lucas 1:48). Ela demonstrou uma atitude de submissão.

Veja aqui: o que Jesus aprendeu com Maria?

Por que ela não deve ser adorada?

Porque ela era uma mulher como qualquer outra. Só devemos adorar a Deus, não a homens (Êxodo 20:2-5). A Bíblia diz que Maria foi agraciada, ou seja, achou graça ao olhos do Senhor. A palavra graça, na língua original (grega), quer dizer favor imerecido, ou seja, ela recebeu o privilégio, pela graça de Deus e sem merecer, de ser a mãe de Jesus, colocando-a assim ao mesmo nível de qualquer outra mulher. 

Descubra aqui o que é graça.

No primeiro milagre de Jesus, ela reconheceu quem ela era e quem era Jesus, submetendo-se à vontade dele, mandando os discípulos ter com ele e fazer o que lhes ordenasse, pois ela nada poderia fazer (João 2:1-5). Maria foi muito privilegiada por ter sido escolhida para ser a mãe de Jesus, o Messias tão aguardado pela humanidade. Mas ela não foi a mãe de Deus, porque ela não O gerou, foi o Espírito Santo que gerou Cristo dentro do corpo dela.